Clique e assine a partir de 9,90/mês

Corinthians cai no 2.º tempo e leva virada do Avaí

Por Da Redação - 31 jul 2011, 18h13

Por Gabriel Melloni

São Paulo – Parecia que o Corinthians voltaria a vencer no Campeonato Brasileiro. Mas, após um ótimo primeiro tempo, a equipe errou muito na segunda etapa, tomou a virada e saiu derrotada pelo Avaí, por 3 a 2. O nome da partida foi o atacante Rafael Coelho, autor de dois gols, que definiram a primeira vitória em casa dos catarinenses na competição. Já o time paulista amargou a sua segunda derrota consecutiva.

Apesar disso, a liderança do Brasileirão ainda é corintiana, com 28 pontos em 12 jogos, mas o Flamengo se aproxima perigosamente e já tem 27 em 13 partidas. Já o Avaí chega aos dez pontos, mas permanece na zona de rebaixamento, na 18.ª colocação.

O Corinthians dominou a partida desde os primeiros minutos. Mesmo atuando em casa, o Avaí limitava-se a defender e demonstrava nervosismo com a pressão da torcida. Em raros momentos, o time catarinense tentava se aproveitar do contra-ataque, mas não conseguia levar perigo ao gol adversário.

Já a equipe paulista impunha seu ritmo, abusando das jogadas pela lateral do campo. Logo aos seis minutos, Jorge Henrique cobrou escanteio para a área, Emerson desviou e Paulo André tocou de cabeça no travessão. O zagueiro voltaria a ser perigoso em outras duas oportunidades, sempre nas bolas aéreas.

O Avaí chegou com perigo por duas vezes no primeiro tempo. Aos 24 minutos, Daniel cruzou e a bola passou rente ao gol de Renan. Na sequência, Pedro Ken fez boa jogada, mas chutou longe. Dois minutos depois, Pedro Ken bateu falta para área, Rafael Coelho aproveitou-se da saída ruim do goleiro corintiano e desviou para Fabiano, que perdeu a chance com o gol vazio.

A partir daí, o Corinthians passou a dominar ainda mais o confronto. Aos 27, Paulo André tocou de cabeça, por cobertura, e o goleiro Felipe não alcançou, mas Dirceu salvou em cima da linha. A chance foi um prenúncio do que estava prestes a acontecer.

Apenas três minutos depois, a equipe paulista chegou ao seu primeiro gol. Ralf ganhou uma dividida na intermediaria e sofreu a falta, mas a bola sobrou para Danilo. O meia se aproveitou da vantagem, tabelou com Emerson e deixou o atacante de frente para o gol. Com tempo para pensar, ele tocou no canto esquerdo do goleiro para marcar seu primeiro com a camisa do Corinthians.

Antes do final do primeiro tempo, o líder do campeonato ainda teve mais duas chances. Aos 37 minutos, Emerson invadiu a área sozinho pelo lado esquerdo, mas bateu mal, longe do gol. Aos 42, Willian recebeu de Emerson na direita, levou pelo meio e bateu. A bola tocou no pé da trave esquerda e saiu. No mesmo lance, Danilo sofreu uma contusão na perna esquerda e deixou o campo para a entrada de Alex. Pelo lado do Avaí, Leandro Lima, também lesionado, deu lugar a Cleverson pouco antes do final da primeira etapa.

O segundo tempo começou completamente diferente do primeiro e logo no início a equipe da casa conseguiu chegar ao empate. Aos quatro minutos, Wiliam aproveitou sobra após cobrança de escanteio, virou rápido e bateu de pé direito, sem chance para Renan, deixando o placar em 1 a 1.

Com o gol, o Corinthians acordou, foi para cima e perdeu uma grande chance. Aos dez minutos, Alex cruzou, a bola passou por Emerson e sobrou para Willian, que rolou para Fábio Santos. O lateral dominou e bateu rente à trave direita de Felipe. A oportunidade perdida faria falta.

Aos 13 minutos, o Avaí aproveitou uma bobeada da defesa do Corinthians para chegar à virada. William recebeu bom passe na área pelo lado direito, cruzou na pequena área, onde achou Rafael Coelho. Ele desviou, Weldinho ainda tentou salvar em cima da linha, mas não conseguiu impedir o gol.

Continua após a publicidade

Atrás no placar, o time paulista passou a pressionar, enquanto via o adversário se trancar na defesa. Aos 22, Emerson aproveitou erro da defesa do Avaí, invadiu a área, sozinho, e bateu mal, fraco, fácil para a defesa de Felipe. Dois minutos depois, Fábio Santos recebeu ótimo passe, driblou o goleiro e caiu. Ficou reclamando de pênalti, não marcado pelo árbitro.

O técnico Tite colocou o time para frente, com Morais e Edenílson, mas o Corinthians não conseguia furar a retranca do adversário. Em uma única investida de contra-ataque, o Avaí matou a partida. Morais perdeu a bola no meio-de-campo. Rafael Coelho aproveitou a desarrumação na defesa corintiana, arrancou e bateu forte na saída de Renan para fazer 3 a 1. Jorge Henrique ainda diminuiu o marcador, aos 46 minutos, aproveitando sobra na área, mas o placar ficou em 3 a 2.

FICHA TÉCNICA:

Avaí 3 x 2 Corinthians

Avaí – Felipe; Welton Felipe, Bruno Silva e Dirceu; Daniel, Marcos Paulo (Batista), Fabiano (Diogo Orlando), Leandro Lima (Cleverson) e Pedro Ken; Rafael Coelho e William. Técnico – Alexandre Gallo.

Corinthians – Renan; Weldinho (Morais), Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho (Edenílson) e Danilo (Alex); Jorge Henrique, Willian e Emerson. Técnico – Tite.

Gols – Emerson, aos 30 minutos do primeiro tempo. William, aos 4, Rafael Coelho, aos 13 e aos 36, e Jorge Henrique aos 46 minutos do segundo.

Árbitro – Wilton Pereira Sampaio (DF).

Cartões amarelos – Ralf, Jorge Henrique, Dirceu, Rafael Coelho e Welton Felipe.

Renda – não disponível.

Público – 8.442 pagantes.

Local – Estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Continua após a publicidade
Publicidade