Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Copa do Mundo feminina supera 1 bilhão em audiência

A final entre EUA e Holanda foi vista ao vivo por 82.2 milhões de pessoas, 56% a mais que a da edição de 2015

A Copa do Mundo feminina de futebol de 2019, realizada na França e vencida pelos Estados Unidos, atraiu uma audiência de 1,12 bilhão, revelou relatório da Fifa nesta sexta-feira, 18. Os números colhidos pela empresa Publicis Sport & Entertainment se referem ao total de pessoas que acompanharam o evento pela TV e pelo streaming e representam um recorde histórico do torneio.

O levantamento revelou que 993,5 milhões de pessoas assistiram ao Mundial pela TV, um aumento de 30% em relação à edição de 2015, no Canadá, e que 43% do total da audiência veio de plataformas digitais (481.5 milhões de pessoas). A final entre Estados Unidos e Holanda foi vista ao vivo por aproximadamente 82.2 milhões de pessoas, 56% a mais que a de 2015.

A audiência superou a meta estipulada previamente pela Fifa, que era de 1 bilhão de espectadores. “A Copa foi um fenômeno cultural que atraiu mais atenção da mídia do que nunca e proporcionou uma plataforma para o futebol feminino florescer. Se promovermos e transmitirmos amplamente futebol de classe mundial, seja jogado por homens ou mulheres, os fãs vão assistir”, afirmou o presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Em julho, a Fifa já havia divulgado dados referentes à audiência da decisão no Brasil: 19,9 milhões de brasileiros assistiram ao título americano na TV Globo ou em seu canal por assinatura SporTV – os dados oficiais não incluíram os telespectadores que acompanharam o jogo pela TV Bandeirantes, que também transmitiu a decisão. O público televisivo do país foi maior do que aquele registrado em solo americano: 15,2 milhões de espectadores ligados nos canais Fox e Telemundo.