Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Copa Davis: Federer volta a treinar a dois dias da decisão

Ainda se recuperando das dores nas costas que o tiraram do ATP Finals, suíço fez um leve bate-bola. Davis é o único grande título que Federer não conquistou

Por Da Redação 19 nov 2014, 16h36

O tenista Roger Federer, número dois do mundo e principal jogador da Suíça na final da Copa Davis, treinou nesta quarta-feira, apesar das dores nas costas, a dois dias do início do confronto contra a França. Pela manhã, apenas o companheiro Stan Wawrinka treinou no estádio Pierre Mauroy de Villeneuve-d’Ascq, perto de Lille (França). À tarde, Federer foi à quadra para fazer um leve aquecimento. Apesar de ter treinado, Federer ainda é dúvida para a decisão – no domingo, a lesão nas costas o fez desistir da disputa de título contra o sérvio Novak Djokovic, líder do ranking da ATP, no ATP Finals de Londres. Passados três dias de sua desistência, Federer se sentiu melhor e conseguiu participar da atividade, mas ainda sem realizar grandes esforços.

Leia também:

Federer posa ao lado de Wawrinka para mostrar time unido

Federer confia em recuperação relâmpago para final da Davis

Federer desiste de final e dá tricampeonato a Novak Djokovic

A Copa Davis é a única grande competição que o tenista de 33 anos ainda não conquistou. No duelo contra a França, entre sexta-feira e domingo, Federer somará forças com Wawrinka, seu adversário na semifinal do ATP Finals, no sábado. Os dois se enfrentaram por quase três horas, em um duelo acirrado e que chegou a ter um desentendimento entre Mirka Federer, mulher do tenista que estava nos camarotes, e Wawrinka.

Na entrevista coletiva de terça-feira, a primeira da equipe Suíça em Lille, Federer e Wawrinka garantiram que o episódio não afetou a amizade nem interferirá na disputa pelo título da Davis. Além de Federer e Wawrinka, Marco Chiudinelli e Michael Lammer vão defender a Suíça, enquanto Jo-Wilfried Tsonga, Gael Monfils, Julien Benneteau e Richard Gasquet serão os representantes da França.

(Com agência France Presse e Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Publicidade