Conte, técnico da Inter de Milão, está sob proteção policial após ameaça

Treinador recebeu uma carta com uma bala de arma de fogo dentro

Por AFP - 16 nov 2019, 17h24

O técnico da Inter de Milão, Antonio Conte, foi colocado sob proteção policial após receber uma carta de ameaça com uma bala no interior, informou neste sábado, 16, a imprensa italiana.

Segundo o jornal Corriere della Sera, Conte recebeu recentemente uma correspondência anônima o ameaçando.

A Inter se pronunciou sobre o caso e explicou que a carta chegou ao clube, não tendo sida enviada diretamente ao técnico. “Em relação às informações publicadas, a Inter de Milão informa que Antonio Conte não recebeu pessoalmente uma carta com ameaças e, portanto, não irá apresentar queixa pessoalmente”, explicou o clube em nota.

“Foi o clube que recebeu esta carta, e de acordo com a prática habitual nesses casos, alertou as autoridades competentes”, completou.

Publicidade

Uma investigação foi aberta pela polícia e Conte está sob proteção policial ao sair de casas e nos treinamentos, informou o diário esportivo Gazzetta Dello Sport.

Conte, 50 anos, multicampeão com a Juventus, assumiu o cargo de técnico da Inter em junho. Sua equipe é a atual vice-líder do Campeonato Italiano após 12 rodadas, a um ponto da atual campeã e primeira colocada Juventus. Na Liga dos Campeões, ocupa a terceira posição do grupo F, com quatro pontos, três atrás do Borussia Dortmund e quatro a menos do que o líder Barcelona.

Publicidade