Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Confusões após rebaixamento do América de Cali deixam 15 feridos e 62 detidos

Bogotá, 18 dez (EFE).- Os distúrbios ocorridos após a derrota do América de Cali para o Patriotas nos pênaltis, na noite deste sábado, que culminou com o rebaixamento da tradicional equipe para a segunda divisão, deixaram 15 feridos e causaram a detenção de 62 pessoas.

Maior campeão nacional, com 13 títulos, assim como o Millionarios, o América empatou em 1 a 1 com a equipe de Boyacá em casa, no estádio Estádio Pascual Guerrero. O resultado foi o mesmo da partida de ida, e a decisão de quem seria rebaixado foi para a disputa de penalidades.

‘Sabíamos que em Cali havia a possibilidade de que houvesse distúrbios. Além dos feridos, houve danos em 16 estabelecimentos nos arredores do estádio, nove veículos foram estragados, 62 pessoas foram detidas e 42 armas brancas apreendidas’, informou à imprensa o diretor de Segurança Cidadã da Polícia Nacional, Rodolfo Palomino, que completou dizendo que 15 pessoas tiveram que recebe atendimento.

Palomino disse ainda que estão sendo recopiladas informações para processar judicialmente as pessoas que causaram o quebra-quebra e pediu aos afetados que denunciem os suspeitos.

‘A tristeza é maiúscula, a torcida americana chora. No entanto, isso não pode se transformar em uma situação de violência, de agressão e de intolerância’, declarou, por sua vez, o prefeito da cidade de Cali, Jorge Ivan Ospina.

Foi a primeira vez que uma equipe da divisão de ascensão bate uma da elite na chamada ‘Promoción’, em que se enfrentam o penúltimo colocado da primeira divisão com o vice-campeão da segunda. EFE