Clique e assine a partir de 9,90/mês

Concorrentes ao título, Italo, Medina e Filipe avançam no Havaí

Os brasileiros estão na terceira rodada da etapa de Pipeline, a última do circuito mundial de surfe; disputa vale duas vagas na Olimpíada de Tóquio

Por Da Redação - Atualizado em 11 dez 2019, 10h15 - Publicado em 10 dez 2019, 19h50

A terça-feira 10 amanheceu com fortes ondas na praia de Pipeline, no Havaí, no segundo dia de competições da última etapa da temporada da World Surfing League, o circuito mundial da modalidade. Os brasileiros concorrentes ao título mundial, Italo Ferreira, Gabriel Medina e Filipe Toledo, caíram na água pela primeira vez e se classificaram para a terceira fase do Pipe Masters 2019.

Italo, o atual líder do ranking, ficou em segundo em sua bateria. Embora tenha ficado atrás do havaiano Billy Kemper, o potiguar de 25 anos se classificou para a terceira rodada – cada bateria é disputada por três surfistas, sendo que os dois primeiros avançam automaticamente e o terceiro tem que disputar uma repescagem para continuar na disputa.

 

View this post on Instagram

World Title contender @gabrielmedina is the early standout so far at the #BillabongPipeMasters | @billabong #VTCS

Continua após a publicidade

A post shared by World Surf League (@wsl) on

 

 

Já o bicampeão mundial Medina não teve problemas para se classificar contra o brasileiro Willian Cardoso e o havaiano Imaikalani deVault. O paulista Filipe Toledo, assim como Italo tenta o título inédito, também venceu sua bateria contra outro brasileiro, Deivid Silva, e Ricardo Christie, da Nova Zelândia.

Vale lembrar que os dois brasileiros mais bem colocados ao final da Temporada 2019 da WSL estarão classificados para os Jogos de Tóquio-2020, a primeira edição com a inclusão do surfe no programa olímpico.

Continua após a publicidade
Publicidade