Clique e assine a partir de 8,90/mês

Como assistir, escalações e alfinetadas: tudo sobre Flamengo x Grêmio

Segundo jogo da semifinal da Libertadores acontece no Maracanã; quem passar, enfrentará o River Plate na decisão em Santiago

Por Da redação - 23 out 2019, 10h22

Flamengo e Grêmio definem nesta quarta-feira, 23, a partir das 21h30(de Brasília), no Maracanã, quem será o adversário do River Plate na final da Copa Libertadores. No primeiro jogo da semifinal, os times empataram em 1 a 1 em Porto Alegre. O jogo terá como protagonistas os dois treinadores, o rubro-negro Jorge Jesus e o tricolor Renato Portaluppi, que trocaram farpas nas últimas semanas e justificaram para suas equipes a condição de melhor do país.

O jogo será transmitido em TV aberta, pela Rede Globo, e fechada, pelo Fox Sports. Uma vitória simples basta para ambos os clubes. Novo empate em 1 a 1 forçará a disputa de pênaltis e empate sem gols serve aos flamenguistas, pois os gols como visitante valem como critério de desempate. Pelo mesmo motivo, empates a partir de 2 a 2 beneficiam os gaúchos. A final contra o River Plate, que eliminou o Boca, está marcada para o dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile.

O Flamengo luta para repetir o feito de 1981, quando conseguiu chegar à final e derrotou o Cobreloa do Chile, garantindo o único título de sua história no torneio. Já o Grêmio faturou o caneco três vezes. Em 1983 foi campeão com Renato Gaúcho no elenco. Em 1995, liderado por Luiz Felipe Scolari, conquistou o bi. O tri veio em 2017, quando Renato Gaúcho já era o comandante do plantel e o rival da final foi o argentino Lanús.

Desfalques

O Flamengo tem duas dúvidas importantes em sua escalação. O time aguarda pela recuperação do lateral-direito Rafinha, que se submeteu a uma cirurgia para correção de uma fratura no aro zigomático, o osso da bochecha, e do meia uruguaio De Arrascaeta, que se submeteu a uma artroscopia para correção de problema no ligamento colateral medial e do menisco medial direito. O primeiro, se for vetado, cede o posto a Rodinei. O segundo deverá começar no banco.

Para este compromisso, o Grêmio perdeu o meia Luan, protagonista do título de 2017, vetado com fortes dores no pé direito. A sua vaga será preenchida por Michel ou por Thaciano. O primeiro deixaria o time mais defensivo no setor. A grande esperança de gols dos gaúchos é Everton Cebolinha, da seleção brasileira.

Duelo de treinadores badalados

Lucas Uebel; Miguel Schincariol/Getty Images

O técnico português Jorge Jesus caiu nas graças da torcida rubro-negra por seu carisma e pelo estilo de jogo ofensivo, semelhante ao do Grêmio de Renato – e bem diferente da maioria dos outros clubes do país. O “mister”, como gosta de ser chamado, valoriza a posse de bola e um jogo vertical, com saídas rápidas em busca do gol adversário.

Do outro lado, o Grêmio de Renato Gaúcho tenta se manter em alta. O técnico não cansa de lembrar que “o Grêmio ganhou seis títulos nos últimos três anos” (repetiu o fato três vezes na coletiva da véspera) e é amparado nesse retrospecto que acredita na classificação. “É um dia para entrar para a história, e o meu time está acostumado a entrar para a história”, declarou, ainda que em tom menos provocativo que o de algumas semanas atrás.

Apesar de o 0 a o favorecer o Flamengo, ninguém acredita que o time rubro-negro possa jogar pensando nesse resultado. “Eu acredito no Flamengo e naquilo que tenho. Sempre com muita confiança. Quando jogamos no Maracanã, a equipe fica mais forte”, disse Jorge Jesus. Ele foi diplomático ao falar sobre eventual favoritismo. “O Brasil estará bem representado (na final), seja com o Flamengo ou seja com o Grêmio.”

Continua após a publicidade

Ficha do jogo

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 23 de outubro de 2019 (Quarta-feira)

Horário: 21h30(de Brasília)

Árbitro: Patricio Lostau (Argentina)

Assistentes: Diego Bonfa (Argentina) e Gabriel Chade (Argentina)

Flamengo: Diego Alves, Rafinha (Rodinei), Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Vitinho; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus

Grêmio: Paulo Victor, Léo Moura, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Thaciano (Michel), Alisson e Everton; Diego Tardelli. Técnico: Renato Gaúcho

(Com Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade