Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Começa seleção de cidades para receber delegações estrangeiras nos Jogos Olímpicos de 2016

Ao todos, 355 instalações de 150 cidades de 22 estados foram pré-selecionadas

Por Flávia Ribeiro, do Rio de Janeiro 23 Maio 2011, 20h10

Em 2012, a delegação brasileira que vai aos Jogos Olímpicos de Londres fará sua aclimatação e treinos no centro poliesportivo Crystal Palace, de 10 de julho a 13 de agosto, na própria cidade-sede. Em 2016, será a vez das delegações de 205 países – além de 170 delegações paraolímpicas – usarem instalações brasileiras para seus treinos pré-Jogos. Por isso, o Comitê Rio 2016 promoveu hoje um seminário para os representantes das instalações brasileiras pré-selecionadas após a primeira fase do processo de cadastramento de locais de treinamento para as Olimpíadas de 2016.

Ao todos, 355 instalações de 150 cidades de 22 estados foram pré-selecionadas, e o número pode subir: outras 118 têm até o dia 30 de maio para se cadastrar pelo site. “As cidades que forem habilitadas vão oferecer locais para treino e aclimatação para as federações e confederações internacionais”, explicou a secretária estadual de Turismo, Esporte e Lazer Márcia Lins, destacando que 33 municípios do Rio são candidatos.

Além das instalações, Agberto Guimarães, diretor de esportes do Comitê Rio 2016, lembrou que há outros critérios importantes, como distância de aeroportos, hotelaria, clima da região, atrações turísticas e, principalmente no caso das Paraolimpíadas, acessibilidade. “As negociações serão entre as federações e confederações e as instalações. Elas precisarão se adequar para serem aprovadas, mas depois serão recompensadas. As delegações não vão treinar nelas de graça”, disse.

Segundo o presidente do Comitê, Carlos Arthur Nuzman, há tempo suficiente para que diversos candidatos cheguem a um patamar semelhante ao do Crystal Palace. “Vários têm grande potencial, e não só no Rio e em São Paulo. Vimos potencial em Minas, no Sul e no Nordeste também. E, passadas as Olimpíadas, as cidades escolhidas vão poder oferecer à juventude instalações esportivas e material humano qualificados”, afirmou.

Terminadas as inscrições, as instalações pré-selecionadas deverão mandar detalhes técnicos, fotos e plantas para serem analisados. Em agosto, começarão as visitas técnicas do Comitê aos locais, e os selecionados serão divulgados em janeiro. Durante os Olimpíadas, em Londres, o Comitê divulgará o Guia dos Locais de Treinamento Pré-Jogos 2016.

Continua após a publicidade
Publicidade