Clique e assine com até 92% de desconto

Com vaga garantida, Seleção de handebol sonha com 1 lugar do grupo

Por Da Redação 1 ago 2012, 18h43

A primeira missão da Seleção Brasileira feminina de handebol nos Jogos Olímpicos foi concluída com sucesso nesta quarta-feira. A equipe comandada por Morten Soubak derrotou a Grã-Bretanha por 30 a 17 e assegurou vaga nas quartas de final. Agora, o time sonha em obter a primeira colocação do Grupo A para, assim, ter um confronto mais fácil na sequência.

O Brasil soma três vitórias em três jogos nas Olimpíadas e, se passar em primeiro lugar, enfrenta o quarto colocado do Grupo B, formado por Noruega, Coreia do Sul, França, Suécia, Dinamarca e Espanha. O próximo duelo da Seleção é contra a forte Rússia.

‘Agora é definir a colocação. Quanto melhor a posição, teoricamente melhor adversário para enfrentar. Mas não tem time fácil pelo caminho, do outro lado é a chave da morte e não vai ter adversário tranquilo’, disse a armadora Duda Amorim.

Nesta quarta-feira, o Brasil não teve problemas para derrotar a Grã-Bretanha, que jogou com apoio da torcida local, mas sucumbiu diante de sua baixa qualidade técnica. Mesmo com alguns erros, o time nacional conseguiu 13 gols de vantagem e ampliou seu saldo na competição.

‘Foi um jogo teoricamente tranquilo, mas poderia complicar nossa situação dependendo da nossa atuação’, enfatizou a capitã Dara. ‘Cometemos alguns erros nos primeiros momentos, mas também soubemos colocar a cabeça no lugar e melhorar durante a partida. Depois, tudo fluiu naturalmente. Nossa grande preocupação era o saldo de gols para conseguir uma boa classificação na primeira fase’, completou.

A artilheira do confronto com as donas da casa foi Ana Paula, que foi às redes sete vezes. ‘Nos próximos jogos, é dar o máximo para conquistar mais pontos. Estamos disputando Jogos Olímpicos e cada partida aqui é uma final’, ressaltou.

Continua após a publicidade
Publicidade