Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Com show e pancadaria, Atlético goleia Arsenal por 5 a 2

Partida teve golaço de Ronaldinho e confusão entre os argentinos e a polícia

Por Da Redação - 4 abr 2013, 01h06

Irresistível na Copa Libertadores, o Atlético-MG goleou o Arsenal de Sarandí por 5 a 2 na noite desta quarta-feira e conquistou sua quinta vitória em cinco jogos na competição. Com o estádio Independência lotado, coube a Ronaldinho comandar a festa da torcida atleticana. O camisa 10 marcou dois gols – um deles de placa – e foi o principal responsável pela articulação das jogadas do time mineiro. Tardelli, Luan e Alecsandro completaram a goleada.

Com a vitória, o Atlético, líder absoluto do Grupo 3, chega a quinze pontos e fica mais perto de passar às oitavas com o primeiro lugar geral na tabela de classificação. Enquanto isso, o time argentino segue em 3º com quatro pontos e disputa com São Paulo e Strongest a vaga restante.

Confusão – A partida, porém, foi manchada por uma pancadaria envolvendo jogadores do Arsenal e policiais militares. Indefesa diante do poder ofensivo do Atlético, a equipe argentina acabou perdendo a cabeça ao final do jogo. Reclamando de um pênalti mal marcado para o time da casa, os argentinos partiram para cima do juiz depois do apito final e precisaram ser contidos pela Polícia Militar. Jogadores e policiais acabaram entrando em confronto, com trocas de chutes e socos, e a confusão se arrastou até os vestiários, onde cadeiras foram usadas como armas.

Jogadores do Arsenal de Sarandí e policiais entram em confronto no estádio Independência Jogadores do Arsenal de Sarandí e policiais entram em confronto no estádio Independência

Jogadores do Arsenal de Sarandí e policiais entram em confronto no estádio Independência /

Leia também:

Publicidade

Após mau início, Corinthians bate Millonarios e se classifica

Palmeiras exalta ‘união’ e ‘atitude’ para vencer o Tigre em SP

Publicidade