Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Com R$ 20 mil, documentário sobre Democracia Corinthiana está garantido

Por Da Redação 28 jul 2011, 00h21

Com mais de R$ 20 mil captados através de um site de financiamento coletivo de projetos, o documentário ‘Democracia em Preto e Branco’ está garantido. A cifra mínima foi alcançada na última terça-feira, mas o período de doações segue aberto nos próximos nove dias.

Veja galeria de fotos da Democracia Corinthiana

Clique e saiba como contribuir com o documentário

Conheça mais sobre Democracia em Preto e Branco

‘O sucesso nessa reta final é inesperado. Ainda temos mais alguns dias de captação e todo o dinheiro será investido para termos um filme ainda melhor e mais aprofundado. Agradeço desde já a todas as pessoas que contribuíram’, disse o diretor Pedro Asbeg, parceiro do produtor executivo Gustavo Gama Rodrigues na empreitada.

O documentário foi tema de uma matéria da GE.Net no último dia 21 de julho. Na época, o diretor se mostrava pessimista, já que contava com R$ 15.585,00 de 84 doadores. Até a tarde desta quarta-feira, o projeto recebeu um total de R$ 20.455,00 de 114 incentivadores.

Do valor total arrecadado, 15% é destinado ao site que abriga o financiamento coletivo. Asbeg calcula gastar mais 10% com impostos, além de cerca de R$ 2 mil para confeccionar as contrapartidas e enviá-las aos incentivadores. ‘É bacana saber que o filme já está garantido, mas temos que continuar correndo atrás’, disse o diretor.

Continua após a publicidade

CLIQUE E VEJA TRAILER DO DOCUMENTÁRIO

Na época, as bandas eram convidadas para se manifestar nos palanques. O Roger Moreira, do Ultraje a Rigor, compôs a canção ‘Inútil’, que fala ‘a gente não sabemos escolher presidente’. Essa era uma das músicas cantadas nas passeatas pelas Diretas. Tem um momento marcante em que o Sócrates fala num comício: ‘se a emenda Dante de Oliveira for aprovada, eu não vou embora do nosso país!’. No final das contas, as coisas se encontravam. Acredito que temos uma justificativa para tratar de bola, música e política neste documentário.

– Pedro Asbeg é diretor de Democracia em Preto e Branco

A Democracia Corinthiana, liderada por nomes como Sócrates, Casagrande e Wladimir, marcou o começo dos anos 1980. O documentário se propõe a revisitar o período sob um espectro amplo, incluindo a campanha pelo voto direto e o surgimento do Rock Brasil.

A primeira parte do longa-metragem, com entrevistas com os protagonistas do movimento organizado no Parque São Jorge, foi produzida no segundo semestre do ano passado. A ideia agora é ampliar o foco e falar com artistas como Arnaldo Antunes, Rita Lee e Lobão, além dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.

Para filmar a parte inicial do documentário, Asbeg diz ter investido aproximadamente R$ 10 mil em recursos próprios. O orçamento total do filme é estimado em R$ 350 mil. Desta forma, os produtores também procuram enquadrar a obra em leis de incentivo.

Com o mínimo de R$ 20 mil já captado, a segunda rodada de entrevistas deve ser realizada na metade do próximo mês de agosto. Em 2012, o filme começaria a ser editado. O Corinthians não está envolvido com a produção neste momento, mas Asbeg não descarta uma possível parceria com o clube no futuro.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês