Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Com pódio jamaicano e recorde, Elaine Thompson vence os 100 metros rasos

A nova mulher mais rápida do mundo superou Shelly-Ann Fraser-Pryce e bateu o recorde olímpico de Florence Griffith Joyner que já durava 33 anos

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2021, 10h51 - Publicado em 31 jul 2021, 10h12

Elaine Thompson-Herah segue sendo a mulher mais rápida do mundo. Na manhã deste sábado, 31, a campeã da Rio-2016 voltou a vencer a prova dos 100 metros rasos feminino nos Jogos de Tóquio, com o tempo de 10s61, o novo recorde olímpico, em prova que registrou um pódio 100% jamaicano sob um show de luzes no Estádio Olímpico da capital japonesa. 

Campeã em Pequim-2008 e Londres-2012, e bronze na Rio-2016, Shelly-Ann Fraser-Pryce, de 34 anos, não conseguiu repetir o tricampeonato do compatriota Usain Bolt e ficou com a prata (10s74); a também jamaicana Shericka Jackson levou o bronze (10.76). As duas não esconderam a decepção ao ver a compatriota cruzar a linhar de chegada.

  • Elaine Thompson superou o antigo recorde olímpico de 10s62 estabelecido nos Jogos de Seul-1988 pela americana Florence Griffith Joyner (1959-1998). Por pouco, a jamaicana não superou também o recorde mundial de Griffith Joyner, de 10s49, batido em um campeonato nos EUA em 1988— uma marca tão impressionante que sempre levantou suspeitas sobre doping.

    1988: Florence Griffith Joyner of the USA celebrates her 100m win during the 1988 Olympic Games in Seoul, Korea Sergio Berezovsky
    1988: Florence Griffith Joyner, dos EUA, comemora sua vitória dos 100m durante os Jogos Olímpicos de Seul – Sergio Berezovsky/AFP
    Publicidade