Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Com muitas dúvidas, Benazzi testa duas formações no Vitória

Por Da Redação - 6 out 2011, 21h07

Mais uma vez, o técnico Vagner Benazzi terá de fazer diversas mudanças na equipe titular do Vitória. Nesta quinta-feira, em treino coletivo visando ao duelo de sábado, fora de casa, contra o Bragantino, o treinador testou o time no 3-5-2 e no 4-4-2, mas prefere não confirmar sua preferência.

Os substitutos do meia Geovanni e do zagueiro Alison, suspensos, são incógnitas. Caso o esquema escolhido seja o 4-4-2, Lúcio Flávio deve entrar no meio-campo, enquanto Maurício e Gabriel disputam a vaga na defesa. Caso a opção seja pelo 3-5-2, Maurício e Gabriel serão titular e Lúcio Flávio continuará como opção no banco de reservas.No entanto, algumas mudanças já são certas. Os laterais Nino e Fernandinho, que não participaram da derrota para o Grêmio Barueri, na terça-feira, vão retornar nas vagas de Léo e Gilberto. O primeiro volta após cumprir suspensão, já o segundo se recuperou de contusão muscular. No gol, Douglas substitui Fernando Leal, que recebeu o terceiro cartão amarelo na última rodada.

‘A vida é assim e tem que estar preparado. Jogar no Vitória já uma grande responsabilidade pelo histórico de goleiros aqui no clube e agora não vai ser diferente’, comentou Douglas.

Uma das opções, com três zagueiros, é a seguinte: Douglas; Maurício, Jean e Gabriel; Nino, Zé Luís, Charles Vagner, Preto, Arthur Maia e Fernandinho; Fábio Santos.

Publicidade

A outra alternativa é escalar Douglas; Nino, Jean, Maurício (Gabriel) e Fernandinho; Zé Luís, Charles Vagner, Preto, Arthur Maia e Lúcio Flávio; Fábio Santos.

O Vitória é o nono colocado da Segundona, com 40 pontos. O Náutico, último integrante do G-4, tem oito a mais.

Publicidade