Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com mais uma semana de crise, Marcelo busca espaço no Furacão

A semana do Atlético Paranaense começou do mesmo jeito que terminou a último: clima de crise no ar. Após mais um empate sem gols na Série B do Campeonato Brasileiro, dessa vez diante do Bragantino, o torcedor voltou a vaiar o time. Além disso, os portões do estacionamento da Arena da Baixada amanheceram pichados com a frase ‘vergonha gigante&rsquo

Para administrar o momento ruim e buscar uma reação, o técnico Jorginho começou os trabalhos na manhã desta segunda-feira, no CT do Caju, visando o confronto do sábado, diante do América-MG, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. A prioridade foi recuperar a parte física dos atletas, pensando na sequência de jogos e na semana dura para aprimoramento técnico da equipe, que não consegue mais marcar gols.

O atacante Marcelo, que entrou no segundo tempo da partida para tentar resolver a situação, mas sem sucesso, admite que o resultado obtido foi péssimo para a classificação, mas não existe tempo para lamentação. ‘Claro que não foi o resultado que queríamos no fim de semana. Mas agora é trabalhar forte e pensar no próximo compromisso’, avaliou.

O jogador, aproveitando a primeira semana cheia para o novo comandante, espera ganhar seu espaço e ajudar a encerrar a má fase. ‘Temos feito bons jogos, mas infelizmente a bola não tem entrado. O professor Jorginho está chegando agora, então temos que trabalhar. Se Deus quiser, sábado vamos fazer uma boa partida’, concluiu.