Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com Lucas como clone de Assunção, São Paulo treina contra-ataques

O São Paulo usou a manhã desta quinta-feira para fazer um exercício específico contra a bola parada de Marcos Assunção, principal arma ofensiva do Palmeiras. Suspenso do clássico de domingo, Lucas foi o responsável por cobrar escanteios em exercício de contra-ataque.

Na atividade, Emerson Leão utilizou a mesma equipe que atuou na primeira metade do coletivo de quarta-feira, com Fernandinho e Cícero. A escalação completa tem Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Denilson, Dagoberto e Cícero; Fernandinho e Luis Fabiano.

O único do restante do elenco que trabalhou com estes atletas foi Lucas. O meia-atacante, impedido de atuar por ter recebido três cartões amarelos, alçou bolas dos dois cantos do campo em direção à área.

Rogério Ceni estava posicionado para dar a saída de bola, com João Filipe, Rhodolfo, Denilson, Cícero e Luis Fabiano na área. Wellington ficava na cabeça de área, com Piris e Juan um pouco mais à frente. Os três tinham a missão de aproveitar a bola cortada pelos defensores e levá-la a Fernandinho e Dagoberto, posicionados no meio-campo.

O exercício durou cerca de meia hora, com cobranças de Leão para que Rogério Ceni usasse sua qualidade para lançar diretamente Dagoberto e Fernandinho quando tivesse a bola nas mãos. Os atletas de linha, por sua vez, tinham que ser ágeis para acionar os atacantes.

Na parte final do treinamento específico, Leão resolveu colocar um oponente, escalando o goleiro reserva Denis como um centroavante na área, em confronto com os responsáveis por cortar. O camisa 33, entretanto, não ganhou nenhuma disputa.