Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com liminar, seis corintianos poderão entrar no Pacaembu

Torcedores alegaram desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor

Seis torcedores do Corinthians conseguiram uma liminar na Justiça que lhes garante o direito de assistir à partida contra o Millonarios no Pacaembu, às 22 horas desta quarta-feira, pela fase de grupos da Copa Libertadores. A ordem judicial foi publicada durante a tarde no site do Tribunal de Justiça de São Paulo e se sobrepõe à decisão da Conmebol de vetar a presença de público na partida. Por causa da morte do jovem boliviano Kevin Espada, de 14 anos, na partida contra o San José, o Corinthians terá de disputar a Libertadores com portões fechados até que a entidade tome uma decisão final sobre o caso, o que deve ocorrer em até dois meses.

Leia também

Com mudanças, Corinthians pega Millonarios na Libertadores

Corinthians adota causa certa, mas erra no tom e no timing

“Não questionamos a punição imposta pela Conmebol, mas essa medida fere o Código de Defesa do Consumidor e também o Estatuto do Torcedor. Tínhamos comprado os ingressos pelo Fiel Torcedor há três meses. Não podemos ser prejudicados por uma decisão posterior”, disse Armando Mendonça, um dos seis torcedores favorecidos pela decisão, e também o advogado responsável pela causa. O grupo comprou ingressos para o setor de cadeiras numeradas.

O Corinthians, a Secretaria de Segurança Pública, responsável pela segurança no entorno do estádio, a Secretaria dos Esportes do Município, que administra o Pacaembu, e representantes da Conmebol, organizadora da Libertadores, já sabem da decisão e terão de liberar a entrada desses seis torcedores – a não ser que a liminar seja cassada até a hora do jogo.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)