Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Com liderança ameaçada, Timão recomeça do zero contra Grêmio

Por Da Redação 1 jan 2012, 14h04

O Corinthians vai recomeçar praticamente do zero sua campanha no Campeonato Brasileiro a partir das 18 horas (de Brasília) desta quarta-feira, quando recebe o Grêmio, pela primeira rodada do returno. Antes líder disparado, o time agora pode cair até para a quinta colocação se for derrotado pela equipe gaúcha no Pacaembu, na véspera de seu aniversário de 101 anos.

A derrota de virada no clássico com o Palmeiras abateu ainda mais o grupo, que, depois da arrancada impressionante nas dez rodadas iniciais da competição (com nove vitórias e um empate), fechou a primeira parte com só mais duas vitórias – e quatro derrotas e três empates. Mesmo assim, a folga levantada no início serviu para garantir o título simbólico do turno.

‘Teve alguns jogos em que acho que ficamos devendo’, disse o atacante Emerson, autor do gol de honra corintiano no revés por 2 a 1 para o arquirrival, em Presidente Prudente. ‘Mas vale lembrar que Brasileiro é uma competição com altos e baixos. Tem time em último, brigando para sair da zona de rebaixamento, que complica quem está na frente. O campeonato só vai ser resolvido nas dez últimas partidas. Nós temos que manter a tranquilidade’, acrescentou.

Tranquilo não é o adjetivo que melhor define o ambiente interno do Corinthians neste momento. Na segunda-feira, o presidente do clube, Andrés Sanchez, convocou reunião no Parque São Jorge com o técnico Tite e toda os dirigentes do departamento de futebol. O treinador está mantido no cargo, mas teve que responder pela queda livre da equipe nas últimas rodadas.

Nesta quarta-feira, ele tem baixas para alinhar os 11 titulares. Leandro Castán, único atleta do elenco a participar de todos os jogos e não ser substituído até aqui, completou a série de três cartões amarelos e dará lugar a Paulo André. Além disso, o atacante Jorge Henrique foi barrado para a entrada de Edenílson, retomando o esquema com losango no meio-campo (4-3-1-2). Na lateral direita, Alessandro, liberado pelos médicos, volta após ser substituído por Wallace.

Já o Grêmio parte para realizar um prova. Celso Roth e seus comandados precisam dar elementos palpáveis de que a atuação no Gre-Nal não ocorreu somente pelas circunstâncias do jogo. Para isso utilizará o ânimo extra da vitória convincente para se sair bem contra o líder.

A manutenção dos níveis de atenção, vontade e o futebol apresentado são os principais objetivos para esta tarde. ‘O segredo é ter a manutenção do que vimos no domingo, com atitude, pegada e concentração. Se mantivermos essa atitude poderemos ter uma possibilidade muito boa de conseguir o resultado positivo. Quero a mesma atitude do Gre-Nal’, explicou Celso Roth.

O retrospecto gremista como visitante no Brasileiro não é dos melhores. A energia extra vinda da vitória sobre o Inter é o combustível para melhorar a quarta pior campanha fora de casa, com uma vitória, dois empates e seis derrotas. Mas, se a atitude terá de ser a mesma, a escalação não poderá ser repetida. Suspenso, Mário Fernandes ficará de fora. O garoto Spessato e o volante Adilson, improvisado na lateral direita nos primeiros jogos de Roth, disputam a posição. O meia Escudero, por sua vez, sofreu uma leve entorse no tornozelo, mas é provável que jogue.

FICHA TÉCNICA

Continua após a publicidade

CORINTHIANS X GRÊMIO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 31 de agosto de 2011, quarta-feira

Horário: 18 horas (de Brasília)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro

Assistentes: Marrubson Melo Freitas (GO) e Fábio Pereira (DF)

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Paulo André e Ramon; Ralf, Edenílson, Paulinho e Danilo; Emerson e Liedson

Técnico: Tite

GRÊMIO: Victor; Spessato (Adilson), Vilson, Saimon e Julio Cesar; Fábio Rochemback, Fernando, Douglas, Marquinhos e Escudero (Leandro); André Lima

Técnico: Celso Roth

Continua após a publicidade
Publicidade