Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com Libertadores distante, Muricy promete empenho no Brasileiro

Atual campeão, o Santos só volta a jogar na Copa Libertadores da América no dia 13 de junho, diante do Corinthians, pelas semifinais da competição. Por isso, o técnico Muricy Ramalho destacou que o foco nos próximos dias será melhorar a campanha do time no Campeonato Brasileiro.

Com um período de descanso pela frente, já que o Brasileirão não tem rodada nesta semana, o Peixe só entra em campo novamente pelo torneio contra o Fluminense, no próximo dia 6, na Vila Belmiro.

Desta forma, ao analisar o empate com o Sport, no último domingo, em casa, o treinador santista lembrou que o desgaste da partida contra o Vélez Sarsfield (Argentina), pela Libertadores, fez com que ele deixasse de fora jogadores importantes, casos do volante Henrique e do meia Elano – o primeiro ainda chegou a participar do segundo tempo contra o Leão da Ilha.

‘Nós jogamos na quinta-feira à noite e íamos jogar no domingo. Aí sim, temos que poupar. Mas na outra quarta (ante o Flu) estará todo mundo descansado para jogar, e vai todo mundo’, disse Muricy, que não teve à sua disposição contra os pernambucanos o goleiro Rafael e o atacante Neymar, convocados para uma série de amistosos da Seleção Brasileira, e o meia Paulo Henrique Ganso, que passou por artroscopia no joelho direito.

O comandante alvinegro já apontou que pretende levar a equipe à briga pelo título nacional. E tendo em mãos um elenco com mais opções, em relação ao passado, Muricy Ramalho espera que o Santos possa ter condições de ganhar tanto a Libertadores quanto a Série A nesta temporada.

‘Dá para levar as duas competições ao mesmo tempo quando se tem condições físicas. Vamos preparar o time como é necessário e procurar somar o maior número de pontos possível. O Brasileirão não te permite deixar muitos pontos pelo caminho, se você quer alguma coisa do campeonato’, encerrou.