Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com LeBron e sem Kobe, basquete dos EUA pré-convoca 30 para a Rio-2016

Stephen Curry, Kevin Durant, Kyrie Irving e outras estrelas aparecem na lista, que será reduzida a apenas 12 atletas para os Jogos Olímpicos.

A badalada equipe americana de basquete deverá vir com força máxima para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Nesta segunda-feira, o técnico Mike Krzyzewski anunciou sua pré-convocação de 30 nomes e listou todos os melhores atletas disponíveis. Entre os que ficaram de fora, destaque para Kobe Bryant, que se aposenta ao fim da temporada e voltou atrás na decisão de defender o país no Rio, e Tim Duncan, que também já se despediu da seleção. Dos 30 pré-convocados, apenas 12 viajarão ao Brasil.

Campeão da NBA, o Golden State Warriors tem um time inteiro entre os convocados: Harrison Barnes, Draymond Green, Andre Iguodala, Klay Thompson e o astro Stephen Curry. O trio de craques do Cleveland Cavaliers, Kyrie Irving, Kevin Love e LeBron James, também foi confirmado, assim como Kevin Durant, do Oklahoma City Thunder, outra grande atração do “Dream Team”.

Leia também:

Ele não vem: Kobe Bryant descarta disputar a Rio-2016

LeBron lamenta aposentadoria de Kobe Bryant: ‘Queria ser como ele’

‘Quero superar Jordan’, diz Curry, a nova estrela da NBA

Krzyzewski, técnico da Universidade de Duke, assumiu a seleção dos EUA em 2006 e, naquele ano, foi derrotado na semifinal do Mundial pela Grécia. Desde então, passou a reunir os melhores do país na equipe e nunca mais perdeu. São 52 vitórias em jogos oficiais, 75 no total. Sob o comando dele, os EUA ganharam o Mundial em 2010 e 2014, a Olimpíada em 2008 e 2012, e a Copa América de 2007, uma vez que foi necessário jogar o torneio para obter vaga em Pequim. Por isso, ver os melhores do mundo na seleção dos EUA passou a ser algo corriqueiro.

Carmelo Anthony e LeBron James vão em busca do terceiro ouro olímpico de cada um. Só eles e David Robinson já jogaram três Olimpíadas pelo país, feito que Chris Paul também busca no Rio. Do time que jogou em Londres, ficam de fora Tyson Chandler, Deron Williams e Kobe Bryant. Todos os demais nove campeões seguem no time.

Quase todos os melhores jogadores da temporada na NBA nas estatísticas estão entre os convocados. As exceções são Rajon Rondo, líder de assistências, e Ricky Rubio, líder em roubos de bola, que é espanhol.

A convocação completa da seleção americana masculina de basquete:

Armadores: Mike Conley (Memphis Grizzlies), Stephen Curry (Golden State Warriors), Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers), Chris Paul (Los Angeles Clippers), John Wall (Washington Wizards), Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder).

Alas-armadores: Bradley Beal (Washington Wizards), Jimmy Butler (Chicago Bulls), DeMar DeRozan (Toronto Raptors), James Harden (Houston Rockets), Klay Thompson (Golden State Warriors).

Alas: Carmelo Anthony (New York Knicks), LeBron James (Cleveland Cavaliers), Harrison Barnes (Golden State Warriors), Kevin Durant (Oklahoma City Thunder), Rudy Gay (Sacramento Kings), Paul George (Indiana Pacers), Gordon Hayward (Utah Jazz), Andre Iguodala (Golden State Warriors), Kawhi Leonard (San Antonio Spurs).

Alas-pivôs: LaMarcus Aldridge (San Antonio Spurs), Anthony Davis (New Orleans Pelicans), Kenneth Faried (Denver Nuggets), Draymond Green (Golden State Warriors), Blake Griffin (Los Angeles Clippers), Kevin Love (Cleveland Cavaliers).

Pivôs: DeMarcus Cousins (Sacramento Kings), Andre Drummond (Detroit Pistons), Dwight Howard (Houston Rockets), DeAndre Jordan (Los Angeles Clippers).

(com Estadão Conteúdo)