Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com ‘hat trick’, C. Ronaldo se distancia de Messi na artilharia do Espanhol

Madri, 18 dez (EFE).- Enquanto Lionel Messi estava no Japão, onde fez dois gols e foi o grande destaque da vitória do Barcelona por 4 a 0 sobre o Santos, pela final do Mundial de Clubes, Cristiano Ronaldo seguia dando show disputando o Campeonato Espanhol.

A equipe do argentino já havia jogado pela 17ª rodada para poder encarar o Mundial. O português se aproveitou da situação e, com três gols na vitória do Real Madrid por 6 a 2 sobre o Sevilla, neste sábado, abriu três de diferença para Messi na artilharia da competição nacional (20 a 17).

Para os brasileiros, a lista não é nada animadora. O melhor do país é Kaká, que, mesmo sem ter entrado em campo na 17ª rodada, continua na frente dos compatriotas, com três gols.

Confira a tabela de artilheiros do Campeonato Espanhol após a 17ª rodada:.

– Com 20 gols: Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

– Com 17 gols: Lionel Messi (Barcelona).

– Com 12 gols: Higuaín (Real Madrid).

– Com 11 gols: Soldado (Valencia).

– Com 9 gols: Falcao (Atlético Madri).

– Com 8 gols: Cesc Fàbregas (Barcelona) e Benzema (Real Madrid).

– Com 7 gols: Barral (Sporting Gijón).

– Com 6 gols: Xavi Hernández (Barcelona); Koné (Levante) e Michu (Rayo Vallecano).

– Com 5 gols: Adrián (Atlético de Madri); Alexis Sánchez e Villa (Barcelona); Rubén Castro (Betis); Sergio García (Espanyol); Miku (Getafe); Juanlu (Levante), Hemed (Mallorca); Ibrahima (Osasuna); Agirretxe (Real Sociedad); Negredo e Manu del Moral (Sevilla).

– Com 4 gols: Fernando Llorente (Athletic Bilbao); Rubén Suárez (Levante); Cazorla (Málaga); Víctor Casadesús (Mallorca); Nekounam e Raúl García (Osasuna); Raúl Tamudo (Rayo Vallecano); Di María (Real Madrid); Marco Ruben (Villarreal) e Hélder Postiga (Real Zaragoza).

– Com 3 gols: Domínguez (Atlético de Madri); Santa Cruz (Betis); Diego Castro e Abdel Barrada (Getafe); Barkero e Valdo (Levante); Nino (Osasuna); KAKÁ (Real Madrid); Iñigo Martínez (Real Sociedad); Kanouté (Sevilla); Nacho (Sporting Gijón); Tino Costa (Valencia); Rossi (Villarreal) e Luis García (Zaragoza). EFE