Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Com goleada, São Paulo é semifinalista da Sul-Americana

No Pacaembu, a equipe paulista venceu por 5 a 0 a Universidad do Chile

Por Da Redação 7 nov 2012, 22h47

O Sâo Paulo se classificou com uma grande atuação para as semifinais da Copa Sul-Americana. A equipe paulista goleou o Universidad do Chile, atual campeão do torneio, por 5 a 0 no Pacaembu – o jogo foi transferido para o estádio municipal porque o Morumbi está alugado para a realização do show da cantora Lady Gaga.

Com a desvantagem de dois gols da derrota no confronto de ida em Santiago, os chilenos adotaram uma postura ofensiva. A estratégia do São Paulo era marcar forte e, com velocidade, aproveitar o contra-ataque. Para ajustar o time, o técnico Ney Franco optou por escalar Maicon no lugar do atacante Osvaldo, contundido.

A partida foi resolvida no primeiro tempo. Aos quatro minutos, Jádson puxou um contra-ataque e, depois de enganar um adversário com um corte para o centro, acertou um belo chute de fora da área. O segundo gol veio aos 21 minutos. Lucas recebeu um passe de Denilson, deu um drible da vaca no lateral González e bateu cruzado e rasteiro. Sete minutos depois, o meia fez lançamento perfeito para colocar Luis Fabiano cara a cara com o goleiro Johnny Herrera e tocar para as redes.

Com a classificação garantida, Ney Franco aproveitou para poupar os dois principais jogadores de linha. Logo no início do segundo tempo, promoveu a entrada de Ademilson e William José nos lugares de Lucas e Luís Fabiano, respectivamente. Inspirado, o São Paulo não reduziu o ritmo e aproveitou a apatia do Universidad do Chile para ampliar o placar. Aos dezenove minutos, o zagueiro Rafael Tolói marcou o quarto gol em uma bela cobrança de falta da intermediária. O chute, forte e certeiro, entrou no ângulo. O quinto gol saiu aos 31 minutos. Jádson anotou depois de receber passe de Cortez.

O adversário do São Paulo na semifinal depende de uma combinação de resultados dos jogos desta quinta-feira e da semana que vem. Se o Grêmio passar pelo Millionários, da Colômbia, os dois brasileiros jogam entre si para cumprir a regra de não ter dois times do mesmo país na final. Pelo mesmo item do regulamento, o clube de Bogotá pode enfrentar o São Paulo se vencer os gaúchos e Tigres e Indepiendente, ambos da Argentina, passarem de fase. As outras alternativas são o próprio Independiente e a Universidad Católica, do Chile.

Continua após a publicidade

Publicidade