Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Com gol de Souza, Bahia vence Atlético-GO e afasta risco de degola

Por Da Redação 13 nov 2011, 19h57

O Bahia soube se aproveitar da má fase do Atlético-GO para diminuir os riscos de ser rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Os nordestinos foram ao Serra Dourada neste domingo, venceram por 1 a 0 e abriram sete pontos de distância para a faixa que definirá quem cairá para a segunda divisão.

A vitória foi assegurada com um gol de Souza, aproveitando vacilo da defesa dos donos da casa logo aos dez minutos de partida. Depois disso, o Tricolor de Salvador soube usar o momento de desconfiança dos comandados de Hélio dos Anjos para segurar o placar – foi a quarta derrota seguida do time do Centro-Oeste.

O Bahia de Joel Santana chegou a 42 pontos, assim como Palmeiras e Atlético-GO, dividindo com ambos a 12colocação, ficando atrás dos goianos e à frente dos paulistas nos critérios de desempate. Todos estão na faixa que classifica para a Copa Sul-americana.

O jogo – O Atlético-GO mostrou logo nos primeiros minutos, dentro de casa, porque ampliou neste domingo para quatro partidas o seu jejum de vitórias no Campeonato. Em uma das primeiras investidas do Bahia ao ataque, as redes foram balançadas no Serra Dourada.

Aos dez minutos, o lateral esquerdo Thiago Feltri demorou com a bola no pé e, quando percebeu, ela já estava com Marcos, do Bahia. Rapídamente, o vacilo virou assistência para o centroavante Souza, emprestado pelo Corinthians, fazer o seu trabalho com tranquilidade, balançando as redes.

Aproveitando-se de um erro adversário, o Tricolor de Salvador teve um dos poucos acertos na partida. Em vantagem, com três pontos que deixam a Série B ainda mais afastada, os visitantes não se envergonharam de ver o rival tocando a bola, mas sem dar espaço para sofrer um gol.

Sem confiança pela recente sequência de maus resultados, o Dragão, que não vence desde quando aplicou 3 a 0 no São Paulo em 16 de outubro, não conseguia ter a calma que o caracterizou na busca por bons resultados principalmente como anfitrião.

Bem posicionado na defesa, o Bahia passou os 90 minutos dando oportunidades somente em cobranças de falta. Os batedores atleticanos, entretanto, não estavam eficientes e tiveram que se contentar com a quarta derrota seguida.

Continua após a publicidade
Publicidade