Clique e assine a partir de 9,90/mês

Com gol de Luisão, Benfica deslancha na etapa final e avança

Por Da Redação - 24 ago 2011, 17h40

Após um primeiro tempo melhor, mas sem conseguir converter suas chances em gol, o Benfica deslanchou na etapa final, e assegurou sua vaga na fase de grupos da Copa dos Campeões nesta quarta-feira, ao bater, em casa, o Twente-HOL, por 3 a 1. Witsel (duas vezes) e o zagueiro brasileiro Luisão marcaram os gols da equipe portuguesa, enquanto Bryan descontou.

Agora, o time encarnado espera para saber quais serão seus adversários no próximo segmento da Copa dos Campeões. O sorteio da fase de grupos do torneio continental está marcado para esta quinta-feira, em Mônaco.

O JOGO – Usando a força do estádio da Luz, o time português começou melhor, pressionando o Twente. Os atacantes do time luso incomodaram a defesa do clube holandês, mas o time encarnado não conseguia converter sua superioridade em gols.

Aos 19 minutos, Cardozo criou a primeira grande chance, para boa defesa de Mihaylov. Superior, Aimar também assustou o Twente, mas a bola passou próxima à meta da equipe visitante.

Continua após a publicidade

Nos últimos cinco minutos da primeira etapa, o Benfica teve uma sequência de chances perigosas Gaitán, Nolito e Cardozo, mas o trio não evitou que as equipes fossem para o intervalo com o placar de 0 a 0.

Se na primeira etapa o Benfica não conseguiu vazar a meta de Mihaylov, demorou apenas um minuto para que o gol acontecesse no segundo tempo. Após jogada de Gaitán, Luisão ajeitou de cabeça para que Witsel desviasse, finalmente abrindo o placar no estádio da Luz.

Com a vantagem, o Benfica teve mais tranquilidade, e conseguiu chegar ao segundo aos 14 minutos. Aimar cobrou escanteio do lado esquerdo na primeira trave, e o defensor brasileiro Luisão, deslocou-se bem, para desviar de cabeça, ampliando o placar.

Precisando de dois gols para levar a partida para a prorrogação, o Twente partiu para o ataque, e sofreu um contragolpe fatal aos 20. Em boa jogada, Cardozo deixou Witsel livre. O jogador disparou sem marcação e apenas tocou na saída de Mihaylov, garantindo a classificação do Benfica para a fase de grupos.

Continua após a publicidade

Com a boa margem, o time português diminuiu o ritmo, e viu o arqueiro brasileiro Artur praticar duas defesas importantes – uma delas em uma cabeçada à queima roupa.

O técnico Jorge Jesus ainda colocou o ex-corintiano Bruno César em campo, mas o jogador pouco produziu enquanto esteve em campo. Aos 34, Aimar, de fora da área, arriscou e obrigou Mihaylov a praticar uma plástica defesa, na última grande chance do time no jogo.

Aos 40 minutos, em jogada pelo lado esquerdo, Bryan desviou de cabeça, desta vez sem chance para Artur, marcando o tento ‘de honra’ para a equipe visitante.

Apesar disso, o Twente não imprimiu uma pressão, e o Benfica manteve a posse de bola, aguardando apenas o final da partida, para seguir buscando a conquista do principal título da Europa.

Publicidade