Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com dois de Douglas, Corinthians faz 3 a 0 no Flamengo

Por Felipe Rosa Mendes

São Paulo – O Corinthians acordou no Brasileirão. Depois de uma sequência negativa no início, por conta do foco na Libertadores, o time de Tite foi à forra nesta quarta-feira e aplicou 3 a 0 no Flamengo, no Engenhão, pela 10ª rodada. O destaque da noite foi Douglas, que se credenciou para assumir a vaga de Alex no time ao marcar dois gols. Danilo também balançou as redes.

A segunda vitória seguida deu fôlego ao Corinthians na tabela. O campeão da Libertadores subiu para os 11 pontos e se afastou das últimas posições, após um início trôpego no Brasileirão. O Flamengo, por sua vez, estacionou nos 15. Mas, mesmo em situação mais favorável, colocou o emprego do técnico Joel Santana em risco.

O duelo desta quarta, porém, ficará marcado pelo bom retorno de Douglas ao time titular. Além dos dois gols, o meia mostrou bom preparo físico e participou das principais jogadas do Corinthians. A performance deverá garantir seu espaço entre os titulares na sequência do campeonato.

O JOGO – Sem tomar conhecimento do Flamengo, o Corinthians começou a partida nesta quarta como se estivesse jogando em casa. Controlou o meio-campo, exibiu postura ofensiva e deu poucas brechas na defesa. E ainda contou com um inspirado Douglas, que substituiu Alex, de saída, à altura.

O primeiro bom lance do Corinthians surgiu logo aos 2 minutos de jogo, quando Paulinho aproveitou sobra dentro da área e bateu com perigo. Paulo Victor caiu para fazer a defesa. Romarinho também ameaçou, em dois lances. Aos 17, cabeceou com perigo e parou no goleiro flamenguista. Aos 20, bateu de primeira após cruzamento rasteiro da esquerda e voltou a dar trabalho para Paulo Victor.

Acuado, o Flamengo avançava de forma cautelosa, geralmente pelas laterais. Mas não deixava de ceder espaço na defesa. Emerson era motivo de preocupação constante nos contra-ataques. Ele chegou a ter duas boas chances em arrancadas velozes, mas não conseguiu converter.

Douglas foi mais eficiente. Aos 26, aproveitou vacilo de Bottinelli no meio-campo, roubou a bola e disparou no contra-ataque até mandar a bola para as redes, na saída de Paulo Victor. Aos 39, o meia do Corinthians contou com ajuda de Renato Abreu, que desarmou o ataque rival, mas desviou de calcanhar, às cegas, para dentro da área. Douglas encheu o pé e não desperdiçou.

O panorama do jogo não mudou no segundo tempo. Mais bem posicionado, o Corinthians trocava passes com mais facilidade e chegava com frequência ao ataque. Aos 9, Romarinho iniciou jogada que culminou em belo chute de Danilo. A bola morreu no canto direito de Paulo Victor, sem chances de defesa.

Mesmo sem fazer esforço, o Corinthians continuava a levar perigo ao gol flamenguista. Aos 26, Airton derruba Emerson dentro da área e o árbitro assinala o pênalti. Na cobrança, o próprio atacante bateu mal e facilitou a defesa do goleiro rubro-negro.

Sem forças para reagir, o Flamengo aceitou o domínio do Corinthians e ainda enfrentou as vaias da torcida. A partir da metade do segundo tempo, parte dos torcedores ficou de costas nas arquibancadas em protesto contra a fraca atuação da equipe carioca.

Na próxima rodada, o Corinthians enfrentará a Portuguesa na noite de sábado, às 21 horas, no Pacaembu. O Flamengo vai encarar o Cruzeiro, domingo, no Independência, às 16 horas.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 0 x 3 CORINTHIANS

FLAMENGO – Paulo Victor; Léo Moura, Marllon, Arthur Sanches, Magal; Airton, Ibson, Renato Abreu, Bottinelli (Adryan); Hernane (Mattheus) e Vagner Love. Técnico: Joel Santana.

CORINTHIANS – Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Douglas (Edenílson); Romarinho (Jorge Henrique) e Emerson. Técnico: Tite.

GOLS – Douglas, aos 26 e aos 39 minutos do primeiro tempo. Danilo, aos 9 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Chicão, Airton, Adryan.

ÁRBITRO – Sandro Meira Ricci (PE).

RENDA – R$ 321.605,00.

PÚBLICO – 14.897 pagantes.

LOCAL – Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).