Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com críticas ao calendário, Caio Jr. revela sacrifício pelo Bahia

A noite de quarta-feira não foi das melhores para Caio Júnior. Após prometer que o Bahia encerraria o jejum de vitórias em Salvador, o treinador foi surpreendido por um gol nos primeiros minutos, mas não quer saber de lamentações pela derrota por 2 a 0 para o São Paulo.

Criticado por parte da torcida ao sacar o atacante Zé Roberto, melhor jogador da equipe no revés, o técnico não se abalou e revelou que a alteração já estava prevista pela comissão técnica. ‘Trabalhamos muito com planejamento das substituições, foi assim para a saída do Zé Roberto, poderíamos correr riscos desnecessários’, afirmou.

A entrevista coletiva concedida no estádio do Pituaçu serviu para que os torcedores do Tricolor passassem a olhar o trabalho de Caio Júnior com, no mínimo, mais respeito. ‘Trabalho 24 horas por dia para ajdar o Bahia. Nem trouxe minha família, fico no hotel fazendo o possível para colocar o time em uma posição digna. Sei do meu potencial e acredito que posso cumprir essa meta’, ressaltou o comandante.

Negando qualquer influência psicológica da derrota para o São Paulo na sequência do Campeonato Brasileiro, Caio Júnior disparou contra o calendário do futebol nacional, lembrando os problemas físicos que a partida da última quarta-feira pode gerar. ‘Quem chegar nas finais da Sul-americana vai pagar um preço. Esse calendário do futebol é desumano, teremos pouquíssimo tempo para recuperar os jogadores para o jogo do final de semana’, finalizou.