Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Com Bolt, Jamaica crava novo recorde mundial nos 4x100m masculino

Por Da Redação 4 set 2011, 09h26

A grande final do dia no Mundial de Atletismo em Daegu foi o revezamento 4x100m. Com Jamaica e Estados Unidos favoritos para a prova, na pista o que se viu foi um desastre para o time norte-americano, com um atleta caindo na passagem do último bastão, e a Jamaica sobrando com Yohann Blake e Usain Bolt, conseguindo o ouro com direito a quebra do recorde mundial com o tempo de 37s04.

A prova começou em um ritmo bastante forte para os dois rivais, seguidos de perto por Trinidad&Tobago. No entanto, os jamaicanos abriram larga vantagem quanto o terceiro corredor – Yohann Blake, novo campeão mundial dos 100m – recebeu o bastão e disparou, a exemplo do que fez na prova que venceu na última semana.

O melhor da final, no entanto, ainda estava por vir. Com a Jamaica já se destacando em primeiro, a prova se aproximou da passagem do último bastão. E Darvis Patton, dos EUA, torceu o pé e caiu no momento de entregá-lo para Walter Dix. A queda atrapalhou as equipes que vinham aos lados, Trinidad & Tobago e Grã-Bretanha.

Enquanto isso, Usain Bolt disparou para melhorar ainda mais o sprint de Blake e, totalmente só, cruzou a linha de chegada para marcar o tempo de 37s04, para muita comemoração dos jamaicanos e, claro, principalmente de Bolt.

A seleção da França, com Christophe Lemaitre, ficou na segunda colocação e levou a prata. O bronze, por sua vez, ficará no peito de São Cristóvão e Névis. Trinidad & Tobago, que brigaria pela prata, terminou na sexta colocação – à frente apenas de Estados Unidos e Grã-Bretanha, que não terminaram a prova.

Continua após a publicidade
Publicidade