Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com bananas, personalidades apoiam Daniel e Neymar

Luciano Huck, Angélica, Fred, Agüero e Marta entraram na campanha on-line. A presidente Dilma diz, via Twitter, que reação do lateral direito foi 'forte e ousada'

“É uma vergonha que em 2014 exista o preconceito. Se você pensa assim também, tire uma foto comendo uma banana e vamos usar o que eles têm contra a gente a nosso favor”, escreveu Neymar

A atitude do lateral brasileiro Daniel Alves de comer uma banana atirada por um torcedor racista, na partida entre Barcelona e Villareal, no domingo, recebeu elogios de vários atletas e celebridades nas redes sociais. Amigo e companheiro de clube, Neymar foi um dos primeiros atletas a dar seu apoio a Daniel. O atacante do Barcelona publicou uma foto segurando uma banana, ao lado do filho Davi Lucca: “Toma, bando de racistas”, postou Neymar, que não entrou em campo por ainda estar se recuperando de uma lesão no pé esquerdo. “Somos todos macacos! E daí?”, escreveu o atleta, que também foi alvo de racismo recentemente na Espanha. Depois da foto com a banana, Neymar postou um vídeo com mensagens contra o racismo e também fez um breve desabafo contra a discriminação racial. A partir da manifestação do craque, a campanha on-line cresceu rapidamente. O perfil da presidente Dilma Rousseff no Twitter classificou a atitude de Daniel de “ousada e forte” e disse que o Brasil usará a Copa do Mundo para se manifestar contra a discriminação racial.

Reinaldo Azevedo: A aula de Neymar e Daniel Alves de combate ao racismo

A mensagem mais reproduzida sobre o assunto foi a de Neymar: “É uma vergonha que em 2014 exista o preconceito. Tá na hora de a gente dizer um chega pra isso! A forma de me expressar para ajudar que um dia isso acabe de uma vez por todas é fazer como o @danid2ois (Daniel Alves) fez hoje!! Se você pensa assim também, tire uma foto comendo uma banana e vamos usar o que eles têm contra a gente a nosso favor. #somostodosmacacos #weareallmonkeys #somostodosmonos.” A hashtag proposta pelo camisa 10 da selecão brasileira logo entrou nos trending topics do Twitter e outras personalidades repetiram seu ato em fotos postadas em redes sociais. O casal Luciano Huck e Angélica foi um dos primeiros a encampar a campanha, com imagem semelhante à do craque. O mesmo fizeram o atacante Fred, o ex-lateral Roberto Carlos, o argentino Aguero (que apereceu comendo bananas com a brasileira Marta) e a irmã e a mãe de Neymar. No fim da manhã, a Fifa também lamentou o episódio ocorrido na Espanha. “Não deve haver espaço para o racismo no futebol, mas os diversos incidentes recentes mostram que a luta não acabou.”

Entre os outros famosos que se manifestaram em prol do jogador baiano estão as cantoras Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Gaby Amarantos, que postaram em suas contas do Instagram uma foto com as feições sérias enquanto seguram uma banana. “O meu aplauso para o seu talento e sensibilidade. Preconceito é pros fracos, sem fé, sem alegria. #umabananapropreconceito #juazeiro”, escreveu Ivete na legenda da imagem. “Desculpem a cara brava, mas o que mais me irrita no Brasil é gente que ainda acredita que racismo não existe! #somostodosmacacos #umabananaproracismo #Chegaderacismo”, escreveu Gaby. A funkeira Anitta e a atriz Fernanda Paes Leme publicaram o vídeo que mostra o jogador comendo a banana jogada no campo com textos contra o racismo. “Ofensas só funcionam quando nos atingem. Nenhum tipo de preconceito, chacota ou racismo pode ser mais relevante que a consciência de alguém que respeita o próximo. Respeitemos para sermos respeitados, e respeitemos mesmo que não sejamos respeitados, pois assim seremos superiores”, escreveu Anitta. “Todo meu respeito para você, Daniel! Que além de ótimo jogador mostrou que banana faz muito bem para a saúde”, ironizou Fernanda.

Buena esa @DaniAlvesd2 todos somos iguales y hay q seguir dando la lucha contra el.racismo todo bien todo bien pic.twitter.com/9CfnT17Ikm

– Carlos Valderrama (@PibeValderramaP) 28 abril 2014

(Com Estadão Conteúdo)