Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com ampla vantagem, Corinthians visita Once Caldas para confirmar vaga na Libertadores

Equipe paulista pode perder por até três gols de diferença em Manizales

A goleada por 4 a 0 no jogo de ida deixou o Corinthians em situação bastante confortável para a partida de volta da fase preliminar da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, a equipe paulista pode perder por até três gols de diferença para o Once Caldas, da Colômbia, em Manizales, que ainda assim terá a vaga à fase de grupos assegurada. Na história da competição continental, nenhuma equipe conseguiu reverter uma diferença de quatro gols num confronto eliminatório, mas o técnico Tite prefere manter a cautela para o duelo que começa às 22h (horário de Brasília).

Leia também:

Corinthians supera expulsão de Cássio e vence o Palmeiras

Corinthians contrata Vagner Love

Corinthians goleia e encaminha vaga na Libertadores

O maior motivo de preocupação de Tite é a ausência de dois titulares, o atacante Paolo Guerrero e o lateral Fábio Santos, ambos expulsos na partida do Itaquerão. O treinador já adiantou que Uendel será o titular na ala esquerda, mas deixou a vaga no ataque aberta entre dois jogadores. “O Luciano aumenta o campo e o Danilo retém a bola e faz combinações com quem vem de trás. Vou pensar mais antes de tomar a decisão”, afirmou Tite após o treino desta terça-feira. O colombiano Stiven Mendoza, mesmo após ter jogado bem diante do Palmeiras na vitória do último domingo, ficará como opção no banco de reservas.

Com o confronto praticamente resolvido, o Once Caldas não deve ter arquibancadas lotadas no Estádio Palogrande. O técnico Flabio Torres admitiu que a missão da equipe colombiana é muito complicada. “Estamos envergonhados com o que aconteceu em São Paulo, e pedimos desculpas, porque realmente tínhamos gerado uma grande expectativa. Agora temos que levantar a cabeça e mostrar ao torcedor que temos uma boa equipe”, comentou o técnico Flavio Torres.

O goleiro José Fernando Cuadrado, no entanto, afirmou categoricamente que ainda acredita na classificação. “Nada é impossível no futebol. Temos um desafio muito grande pela frente, mas não basta falar, temos que mostrar em campo que somos capazes de conseguir uma grande virada”, afirmou.

Caso confirme a classificação, o Corinthians deixará para trás o fantasma da eliminação de 2011 para o também colombiano Tolima e intergrará o complicado Grupo 2 da Libertadores, ao lado do atual campeão San Lorenzo, o rival São Paulo e o Danubio, do Uruguai. Neste caso, a equipe estrearia na fase de grupos contra o São Paulo, na próxima quarta-feira, 18, no Itaquerão.

(Com AFP e Gazeta Press)