Clique e assine a partir de 8,90/mês

Com acesso próximo, Jorginho lembra dramas familiares e se emociona

Por Da Redação - 18 out 2011, 23h19

O técnico Jorginho repetiu nesta terça-feira, após o triunfo por 3 a 2 sobre o Vitória, que a Portuguesa ainda não deve comemorar o acesso. No entanto, a entrevista coletiva do treinador após a partida desta vez foi diferente, marcada pela emoção com a lembrança de dramas familiares.

O técnico da Lusa lembrou que já dirigiu a equipe preocupado com problemas de saúde da mãe e da esposa e ainda falou sobre o filho Leonardo, que faleceu em um acidente automobilístico há três anos.

‘Foi duro quando minha esposa fez uma microcirurgia no peito no dia do jogo, com minha mãe passando por uma operação na hora da partida’, disse o comandante, entre lágrimas.’São quatro pessoas que vêm à minha cabeça. Minha mãe, dona Elvira, que me dá suporte para aguentar tudo; minha esposa Suzana, meu filho Lucas e meu filho Leonardo’, acrescentou, lembrando que o último jogava nas categorias de base do Palmeiras à época do acidente.

Apesar de Jorginho propagar o contrário, a Lusa está praticamente garantida na Série A. São dez pontos de vantagem em relação à vice-líder Ponte Preta e 16 a mais que o Sport, quinto colocado. Restam 21 pontos em disputa na Série B.

Continua após a publicidade
Publicidade