Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com 2 gols de Neymar, Santos vence o Coritiba de virada

Apesar de ter feito os dois gols que definiram a partida, atacante afirmou que jogou mal. Ele soma agora oito gols no Campeonato Brasileiro

O Santos venceu o Coritiba por 2 a 1, de virada, neste domingo, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). Com o resultado, a equipe da Baixada Santista contabilizou seu segundo triunfo seguido no Brasileirão.

A vitória fez o alvinegro paulista chegar aos 33 pontos, na décima posição, mas o time ainda pode ser ultrapassado pela Ponte Preta no complemento da rodada. Já o alviverde paranaense estacionou nos 28 pontos, agora em 15º lugar, e segue sob séria ameaça do rebaixamento.

As duas equipes não passam pelo melhor dos momentos no Campeonato Brasileiro, mas ostentam marcas significativas em 2012: são os dois times da Série A que marcaram mais gols em toda a temporada. Enquanto o Coritiba soma 114, o Santos foi às redes 111 vezes.

Depois de o técnico Marquinhos Santos assumir o alviverde paranaense, a equipe conseguiu duas vitórias seguidas. O objetivo deste domingo era justamente aproveitar o jogo em casa para manter o embalo no campeonato e fugir da zona de rebaixamento. O time entrou em campo com seis desfalques: os zagueiros Emerson, Pereira, Bonfim e Cleiton, o meia Rafinha e o atacante Roberto – todos no departamento médico. Apesar disso, a equipe se saiu bem diante do Santos, que contou com sua maior estrela: o atacante Neymar.

Também desfalcado, o time paulista vinha de vitória (sobre o Flamengo, em casa, por 2 a 0) e, assim como o Coritiba, deu mais um passo para escapar da zona de perigo. Na lista de baixas deste domingo estavam Felipe Anderson e Durval, suspensos; e Léo, Adriano, Edu Dracena, Fucile, Henrique, Miralles, Paulo Henrique Soares, Alison, Rafael Galhardo e Paulo Henrique Ganso, machucados. O último ainda pode ser anunciado como reforço do São Paulo durante esta semana.

Avaliação de Neymar – Apesar de ter marcado os dois gols que deram a vitória ao Santos sobre o Coritiba, Neymar afirmou que jogou mal. “Não foi um dos meus melhores jogos. No meu ponto de vista, fui mal. Não fiz o que sempre faço. Mas tive duas oportunidades e respondi como eu gosto”, disse o atacante, que agora soma oito gols no Campeonato Brasileiro.

Após brilhar no Paraná, Neymar se apresenta nesta segunda-feira à seleção brasileira. Ele será o grande nome do primeiro jogo do Superclássico das Américas, contra a Argentina, na quarta-feira, em Goiânia. A partida pela equipe nacional será a única do craque nesta semana.

Neymar recebeu neste domingo o terceiro cartão amarelo e não vai poder encarar a Portuguesa, no sábado, às 21 horas, no Pacaembu, pela 26.ª rodada do Brasileirão.

O jogo – O primeiro tempo começou acirrado, com atitude ofensiva das duas equipes – que buscavam abrir o placar o mais rápido possível. Quem levou a melhor foi o Coritiba, que, aos 9 minutos, conseguiu marcar com Deivid, de cabeça. O lateral-direito Ayrton cobrou bem e a bola passou por toda a defesa do Santos, sobrando para o camisa 9 concluir.

A equipe da Baixada Santista bem que tentou reagir, e Neymar até chegou algumas vezes na pequena área. Os donos da casa, no entanto, estavam marcando forte e deixando claro que estavam no comando da partida. Aos 16 minutos, o meia Lincoln, completamente livre, arriscou de longe, mas Rafael saltou e espalmou para escanteio. Ele, aliás, foi o destaque da primeira etapa, fazendo belas defesas e salvando a equipe alvinegra de levar mais gols.

O Santos só acordou a partir dos 32 minutos, após outro susto com Lincoln, e começou a ir mais para cima, totalizando dois lances perigosos nos últimos dez minutos. Aos 35 minutos, Pato Rodríguez recebeu na entrada da área e bateu com efeito, mas o goleiro Vanderlei deu um tapa e mandou a bola para escanteio. Aos 40 minutos, Gerson Magrão cobrou, Neymar subiu mais alto e cabeceou. Mas o goleiro alviverde apareceu de novo, espalmando para escanteio. Foi a melhor chance dos visitantes na primeira metade da partida.

No segundo tempo é que o jogo se definiu. O início foi comandado pelo Coritiba, que teve duas excelentes chances de gol: aos dois minutos, com Robinho, e aos seis minutos, com Deivid, que perdeu a oportunidade na cara do gol. Os lances desperdiçados pareceram ter animado os santistas, que, finalmente, tomaram postura ofensiva no jogo.

Neymar apareceu aos 25 minutos e marcou em bela jogada, passando por Everton Ribeiro, Gil, Ayrton, Demerson e Vanderlei e tocando para o gol. A festa santista no Couto Pereira inspirou os paulistas, em especial o craque, que levou até amarelo por exagerar na comemoração. Mas o cartão não intimidou o artilheiro do Santos, que apareceu de novo, aos 37 minutos, e marcou bonito no rebote do goleiro após chute de Pato Rodriguez para dar a vitória aos alvinegros.

(com Agência Estado)