Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Colômbia vence Costa do Marfim e fica perto das oitavas

Em Brasília, sul-americanos seguram pressão e chegam à segunda vitória

A Colômbia venceu a Costa do Marfim por 2 a 1, no Mané Garrincha, em Brasília, e deu um grande passo para se classificar às oitavas de final da Copa do Mundo, na tarde desta quinta-feira. Com gols de James Rodriguez e Juan Quintero, a seleção sul-americana chegou à segunda vitória na competição e agora precisa apenas de um empate contra o Japão, na última rodada, para se garantir como líder do Grupo C. A Costa do Marfim, que só contou com o astro Didier Drogba na segunda etapa, segue com chances, mas precisará vencer a Grécia na próxima terça-feira. Se confirmar a liderança do grupo, a Colômbia pode cruzar com a seleção brasileira nas quartas de final (caso os anfitriões avancem em primeiro no Grupo A).

Leia também:

Uruguai x Inglaterra: na decisão, todos de olho em Suárez​

Chilenos que invadiram Maracanã têm 72h para deixar o Brasil​

‘Copa das Copas’ rebaixa padrão Fifa; veja lista das falhas

Antes de a bola rolar, a execução dos hinos nacionais teve momentos marcantes. Primeiro, a torcida colombiana cantou efusivamente, como se estivesse em casa. Em seguida, o marfinense Serey Die chorou de emoção ao cantar o hino de seu país e foi aplaudido pelos sul-americanos que acompanharam a cena no telão. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, Serey foi informado da morte de seu pai duas horas antes da partida, mas preferiu entrar em campo.

O primeiro tempo foi equilibrado, com ambas as equipes cedendo espaços para contra-ataques. A Colômbia foi ligeiramente superior, graças a lances de inspiração de Juan Cuadrado e James Rodriguez. Aos 28 minutos, Teo Gutiérrez desperdiçou a melhor chance da primeira etapa. O substituto de Falcao Garcia recebeu bom passe de Rodriguez, mas tentou chutar de primeira e mandou para fora. No último minuto, os africanos perderam chance semelhante: Wilfried Bony recebeu na área, mas furou ao tentar a finalização.

A Colômbia voltou ainda mais incisiva na segunda etapa e quase marcou com Cuadrado, logo no início. Aos 13 minutos, o ponta-direita da Fiorentina se livrou de Boka e chutou cruzado no travessão. Os sul-americanos seguiram pressionando e chegaram ao gol aos 19 minutos. Cuadrado bateu escanteio na cabeça de James Rodriguez, que superou a defesa e marcou o primeiro.

Já com o astro Didier Drogba em campo, a Costa do Marfim tentou reagir e chegou perto do empate em chute de Yaya Touré para fora. No entanto, os africanos saíram jogando errado aos 24 minutos e foram castigados. Serey perdeu bola no meio de campo e Rodriguez serviu Juan Quintero, que tocou por baixo do goleiro Boubacar Barry.

A Costa do Marfim não se abateu e diminuiu a diferença aos 27 minutos em linda jogada individual de Gervinho. O atacante da Roma arrancou da ponta-esquerda, driblou dois marcadores e bateu forte no canto direito de David Ospina. O goleiro ainda tocou na bola, mas não conseguiu defender. O gol incendiou a partida. Aos 39, a Costa do Marfim teve nova chance: após boa jogada de Gervinho, Kalou recebeu na área mas bateu fraco, nas mãos de Ospina. Aos 43, Quintero arriscou chute da intermediária e quase surpreendeu Barry. O goleiro se esticou todo e evitou o gol.

Na última rodada, a Colômbia enfrentará o Japão, na Arena Pantanal, em Cuiabá, na terça-feira. A chance de a equipe sula-americana ficar de fora das oitavas de final é bastante remota: para isso acontecer, a Costa do Marfim tem que superar a Grécia na última rodada e o Japão precisa vencer suas duas próximas partidas, contra Grécia e Colômbia, com bom saldo de gols.