Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

COI se reúne em semana marcada por renúncia de Havelange

Genebra, 6 dez (EFE).- O Conselho Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI) terá nesta semana uma de suas reuniões mais esperadas dos últimos tempos, devido à renúncia de João Havelange como membro da organização.

O encontro será realizado em duas partes – amanhã e na quinta-feira – na sede do COI em Lausanne, na Suíça. A agenda da reunião será marcada por temas relacionados aos supostos casos de conflito de interesses de vários de seus integrantes, entre eles o brasileiro.

Há poucos dias, a Comissão de Ética da entidade de recomendou uma suspensão de dois anos ou até mesmo a expulsão de Havelange – membro do COI desde 1963 – por supostamente ter recebido um suborno de US$ 1 milhão da empresa ISL, ex-parceira de marketing da Fifa. O órgão executivo deve agora conhecer o resultado das investigações.

As eventuais sanções do COI deveriam ser anunciadas na quinta-feira, mas Havelange se antecipou ao enviar uma carta ao presidente do comitê, o belga Jacques Rogge, na qual apresentou sua renúncia.

Como Havelange já não é mais membro do COI, a Comissão Executiva não vai analisar as acusações contra ele, mas Rogge inevitavelmente será interpelado a respeito quando conceder uma entrevista coletiva após a reunião.

Os supostos subornos a integrantes do comitê foram revelados em 2010 pela rede britânica ‘BBC’, que atribuiu os pagamentos à ISL, ex-detentora dos direitos de transmissão da Copa do Mundo pela TV.

Ainda segundo a ‘BBC’, o presidente da CBF e ex-genro de Havelange, Ricardo Teixeira – que não faz parte do COI -, também teria aceitado suborno

No encontro dos próximos dois dias, a Comissão Executiva tomará conhecimento das recomendações da Comissão Ética sobre dois membros do COI que teriam recebido pagamentos ilegais da mesma empresa: o senegalês Lamine Diack, presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), e o presidente da Confederação Africana de Futebol, o camaronês Issa Hayatou.

Além do escândalo de subornos, a reunião do COI abordará o estágio dos preparativos para as próximas edições dos Jogos Olímpicos: Londres 2012, Sochi 2014 (Jogos de Inverno) e Rio 2016. EFE

fpb-nam/id