Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

COB repassa R$ 101 milhões a confederações olímpicas

Valor, referente aos recursos das Leis Agnelo-Piva, supera os R$ 90 mi de 2012

As confederações brasileiras olímpicas vão receber 101 milhões de reais de repasse do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) no ano de 2014, referentes aos recursos das Leis Agnelo-Piva, conforme divulgou a entidade nesta quinta-feira. Neste ano, foram destinados 90 milhões de reais para as modalidades. A Lei Agnelo-Piva destina 2% do prêmio pago aos apostadores de todas as loterias federais do país ao COB, que fica com 85% do valor – o restante fica com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Leia também:

Prêmio Brasil Olímpico: Zarif e Poliana são os vencedores

Aposentado, Phelps ameaça voltar para a Rio-2016

O COB afirmou que para fazer a divisão considerou, entre outros fatores, os resultados das modalidades nos últimos dois anos e a perspectiva de resultados nas Olimpíadas de 2016. Judô, vôlei, atletismo e esportes aquáticos foram as modalidades que mais receberam verbas, com 3,9 milhões de reais, o teto dos esportes olímpicos. Esportes na neve e no gelo foram as que menos arrecadaram, com 1,6 milhões de reais, o valor mínimo anual.

Leia também:

Rio lança ícones gráficos dos Jogos de 2016

Cielo realizará preparação para Jogos do Rio nos EUA

Para 2014, o Comitê Olímpico Brasileiro espera receber uma arrecadação de 180 milhões de reais. Dos recursos recebidos, o COB é obrigado por lei a investir 10% no esporte escolar e 5% no esporte universitário. Além do valor que cada entidade vai receber, as confederações também irão dispor de 23,9 milhões do Fundo Olímpico – fundo de reserva formado pelo COB com o intuito de atender aos projetos especiais de preparação para a Rio-2016. O valor recebido por cada confederação, em reais:

Atletismo – 3,9 milhões

Badminton – 1,8 milhões

Basquete – 3,7 milhões

Boxe – 2,9 milhões

Canoagem – 2,9 milhões

Ciclismo – 2,9 milhões

Esportes Aquáticos- 3,9 milhões

Esportes na Neve – 1,6 milhões

Esportes no Gelo -1,6 milhões

Esgrima – 1,7 milhões

Ginástica – 3,7 milhões

Golfe – 1,7 milhões

Handebol – 3,7 milhões

Hipismo – 3,7 milhões

Hóquei na grama – 1,7 milhões

Judô – 3,9 milhões

Levantamento de Peso – 1,7 milhões

Lutas Associadas – 2,0 milhões

Pentatlo Moderno – 1,9 milhões

Remo – 2,5 milhões

Rúgbi – 1,7 milhões

Taekwondo – 1,7 milhões

Tênis – 2,5 milhões

Tênis de Mesa – 2,9 milhões

Tiro com Arco – 1,7 milhões

Tiro Esportivo- 2,6 milhões

Triatlo – 2,8 milhões

Vela- 3,9 milhões

Vôlei – 3,9 milhões

(Com Estadão Conteúdo)