Clique e assine a partir de 8,90/mês

Clássicos no Maracanã e no Mineirão abrem fase semifinal

Flamengo recebe Atlético-MG e Santos visita Cruzeiro às 22 horas (de Brasília)

Por Da Redação - 29 out 2014, 06h59

Dois clássicos nacionais em dois dos principais estádios do país: é assim, em grande estilo, que começa a fase semifinal da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira. As partidas – ambas marcadas para as 22 horas (de Brasília) – reeditam grandes rivalidades do passado. Flamengo e Atlético-MG fizeram duelos memoráveis nos tempos de Zico e Reinaldo, no começo dos anos 1980, e retornam ao Maracanã, palco de muitos confrontos marcantes. No Mineirão, o Santos visita o Cruzeiro, despertando as lembranças dos embates entre os timaços liderados por Pelé e Tostão nos anos 1960. As partidas de volta acontecem na próxima quinta-feira, com o Atlético e o Santos decidindo em casa. As finais estão marcadas para os dias 12 e 26 de novembro.

Leia também:

Atlético-MG e Santos decidem em casa na Copa do Brasil

Portuguesa perde e cai para a terceira divisão do Brasileiro

Maracanã – No jogo do Rio, duas das mais apaixonadas torcidas do país ficarão frente a frente. Os flamenguistas chegaram com tranquilidade até a semi, pois venceram os dois jogos contra o América-RN por 1 a 0 nas quartas. Já o Atlético conquistou uma classificação épica ao golear o Corinthians por 4 a 1 em Belo Horizonte, depois de uma derrota por 2 a 0 na ida, na capital paulista. As duas equipes entraram na Copa do Brasil apenas nas oitavas, pois participaram da Copa Libertadores, onde amargaram eliminações dolorosas. Nos dois casos, os técnicos atuais chegaram como esperança de uma virada e corresponderam às expectativas do torcedor. No Flamengo, Vanderlei Luxemburgo pegou o time na lanterna do Brasileirão. No Atlético, Levir Culpi assumiu e recolocou a equipe nos trilhos.

“O bom trabalho que Atlético e Flamengo fizeram nesta Copa do Brasil e nesta etapa da temporada os credenciam a um jogo que tem tudo para ser muito disputado”, disse Levir. “Minha expectativa é de que sejam partidas de grande nível.” O flamenguista Luxemburgo concorda: “Flamengo e Atlético chegaram por méritos até aqui, são dois grandes clubes e merecem lutar pela vaga na final. Acredito em dois jogos muito disputados e vamos trabalhar no sentido de que o Flamengo saia vitorioso.” Os atletas das duas equipes dizem que não há favorito no duelo. O Flamengo não terá os zagueiros Marcelo, suspenso, e Wallace, machucado. Já o Atlético está desfalcado de Leonardo Silva, em fase final de recuperação de lesão, e Jô, que voltou a treinar mas está fora de forma.

Mineirão – Líder do Brasileirão e cada vez mais próximo do título nacional, o Cruzeiro quer também o pentacampeonato da Copa do Brasil. Por isso, a equipe mineira quer fazer um bom resultado no jogo de ida contra o Santos. Um dos grandes problemas da equipe no momento é o cansaço com a maratona de jogos na temporada. “O desgaste é muito grande, mas não só com o nosso time, as outras equipes também sentem. Então agora é ir com tudo, porque é um grande jogo e uma semifinal de Copa do Brasil”, disse o meia Everton Ribeiro. Pelo lado santista, o clima é de respeito, mas com boa dose de otimismo. “Talvez o grande diferencial de uma equipe seja o que ela consegue fazer fora de casa. Temos de estar preparados para vencer no campo do adversário”, disse o técnico Enderson Moreira.

Enderson terá de fazer apenas uma alteração no que seria sua equipe ideal. Com Thiago Ribeiro e Geuvânio fora de combate, Rildo será titular do ataque. Depois de poupar alguns de seus atletas no Brasileirão para amenizar o desgaste físico do time, o técnico levará a campo uma equipe em boas condições, com Robinho como principal destaque. Do lado do Cruzeiro, o técnico Marcelo Oliveira não poderá escalar o zagueiro Manoel e o atacante Alisson, machucados, além de Marquinhos, que já tinha atuado pelo Vitória na Copa do Brasil e não pode ser escalado. Santos e Cruzeiro já se encontraram em uma semifinal da mesma competição. Em 2000, os mineiros derrotaram os paulistas por 2 a 0 no primeiro jogo, no Mineirão, e garantiram a vaga na final ao empatar na Vila Belmiro por 2 a 2.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade