Clique e assine com até 92% de desconto

Clássico Real x Atlético decide a Copa do Rei da Espanha

Os times da capital espanhola se enfrentam nesta sexta, no Santiago Bernabéu

Por Da Redação 17 Maio 2013, 07h46

O Atlético encara duas escritas: 17 anos sem vencer o torneio e 14 sem derrotar o rival no dérbi de Madri

Real Madrid e Atlético de Madrid vão decidir a Copa do Rei da Espanha, nesta sexta-feira, às16h30 (de Brasília), no estádio Santiago Bernabéu, esperando salvar uma temporada decepcionante, com fracassos no Campeonato Espanhol e nas competições europeias. Os times da capital espanhola se reencontram para decidir a competição 21 temporadas depois do último duelo decisivo – em 1992, no mesmo estádio, o Atlético venceu a partida por 2 a 0, com gols de Bernd Schuster e Paulo Futre. Já classificados matematicamente para a próxima Liga dos Campeões – o Real está em segundo lugar e o Atlético em terceiro na liga local -, os rivais viram o Barcelona, de Lionel Messi, levantar a taça do campeonato nacional com três rodadas de antecedência. Em caso de empate, a final vai para a prorrogação. Persistindo a igualdade, o jogo será decidido nos pênaltis.

Leia também:

PSG oferece ao Real R$ 260 milhões por Cristiano Ronaldo

Dividir estádio com rival é ‘estranho’, diz Cristiano Ronaldo

Continua após a publicidade

Barça festeja o título com vitória de virada sobre o Atlético

Após cair na semifinal da Liga dos Campeões para o Borussia Dortmund, o Real viu sua meta de conquistar o décimo título da competição ir por água abaixo. Já o Atlético de Madrid, que buscava o bicampeonato da Liga Europa, acabou sendo derrotado pelo modesto Rubin Kazan, da Rússia. Mesmo assim, ambos os times conquistaram um campeonato cada um no começo da temporada. O Real levou a Supercopa da Espanha, com direito a gol de Cristiano Ronaldo, e o Atlético bateu o Chelsea na Supercopa da Europa. A partida desta sexta poderá marcar também o adeus de José Mourinho da equipe madrilenha. Segundo especulações, o técnico estaria planejando sua volta ao Chelsea no final da temporada.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

O meia Özil, o zagueiro Sérgio Ramos e o lateral brasileiro Marcelo estão recuperados de contusão e devem ir para o jogo. No entanto, Varane está contundido e deve dar lugar ao espanhol Albiol. Arbeloa também está com problemas físicos e não deve enfrentar o Atlético. Para seu lugar, Mourinho deverá escalar Essien. A esperança de gols é, como sempre, Cristiano Ronaldo, que disse que a torcida dividida no estádio será uma experiência incomum. “Mas isso não vai tirar a ambição de querer ganhar essa Copa”, confirmou Cristiano. Pelo lado do Atlético, o brasileiro Diego Costa é o artilheiro da competição e ao lado de Falcão García promete dar trabalho para os adversários. O Atlético encara duas escritas: 17 anos sem vencer o torneio e 14 sem derrotar o rival no dérbi. O último resultado positivo sobre o Real aconteceu em 30 de outubro de 1999, quando o Atlético venceu por 3 a 1, no Santiago Bernabéu.

Continua após a publicidade
Publicidade