Cirurgião garante que Kubica volta a pilotar: ‘Ele está recuperado’

Por Da Redação - 25 out 2011, 10h28

Igor Rossello, médico responsável pelas cirurgias em Robert Kubica, garantiu nesta terça-feira que o piloto está fisicamente recuperado para retornar à Fórmula 1. As declarações vão na contramão das de Riccardo Ceccarelli, médico pessoal do polonês, que disse recentemente que seu paciente precisaria de mais tempo do que o esperado para voltar às pistas.

‘Ele está recuperado. Consegue mexer e levantar todos os seus dedos. Agora, podemos pensar em colocá-lo o mais breve possível em um carro de corrida – porque ele já está dirigindo carros de rua’, disse Rossello à rádio polonesa Trojce.

‘Olho para ele e não consigo me maravilhar com o quão bem tudo ocorreu. Todas as suas feridas estão curadas. A única questão é se ele pilotará como antigamente’, acrescentou. ‘Ele terá algumas limitações. Lembrem-se que uma amputação foi considerada. Mas essa questão cabe aos especialistas da F-1. Nós fizemos o nosso trabalho perfeitamente’.

No entanto, Rossello ainda disse que mais uma cirurgia precisará ser feita no polonês, para uma melhoria do movimento da mão direita. ‘Ainda precisamos fazer uma pequena intervenção para melhorar a mobilidade de seu pulso, já que, com este tipo de acidente, a mão nunca é flexível como era anteriormente’, explicou.

Publicidade

A próxima fase depois da última operação será a fisioterapia. ‘Então, será preciso muito exercício. Mas ele estará apto a guiar seu carro de F-1 novamente e apertar todos os botões. Estamos falando de um piloto de corridas, não de um pianista’, concluiu o médico.

Publicidade