Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cícero elogia recepção de Mano e aguarda convocação no dia 22

Convocado para a disputa do Superclássico das Américas, o meio-campista Cícero ainda não teve o gosto de entrar em campo pela Seleção Brasileira. No encontro de quarta-feira à noite contra a Argentina, o jogador do São Paulo permaneceu no banco de reservas durante os 90 minutos, sem participar do jogo. Mesmo assim, ele fez um balanço positivo da experiência com o grupo comandado por Mano Menezes.

‘Valeu muito, o ambiente foi legal, todos me receberam bem, fiquei à vontade. Claro que havia a expectativa de jogar alguns minutos para mostrar um pouco do meu valor. Mas estou satisfeito, o próprio Mano Menezes me recebeu muito bem’, diz.

De volta à luta pelas principais colocações do Campeonato Brasileiro pelo São Paulo, Cícero promete manter o foco para receber novas chances na Seleção Brasileira. A próxima oportunidade com a camisa verde-amarela pode aparecer na convocação do dia 22 de setembro para o confronto de volta contra a Argentina pelo Superclássico das Américas.

Pela regra do torneio, Mano Menezes só pode convocar novamente atletas que atuam no futebol brasileiro. Neste caso, a concorrência em todas as posição fica menor.

‘Eu espero ganhar outra chance nesta nova convocação, a gente trabalha para isso. Vou tentar fazer o melhor trabalho possível no São Paulo para acontecer naturalmente. Quero uma sequência na seleção’, avisou.

No empate por 0 a 0 contra a Argentina na cidade de Córdoba, Mano Menezes escalou Renato Abreu e Ronaldinho Gaúcho, nomes mais experientes, no setor de criação da Seleção Brasileira. No segundo tempo, o jovem Oscar foi utilizado por alguns minutos. Além de Cícero, outra opção na posição era o flamenguista Thiago Neves.