Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chuva atrapalha treinos livres para o GP da Bélgica

O mais rápido do dia foi o japonês Kamui Kobayashi, com 2m11s389

A chuva atrapalhou a programação da Fórmula 1 nesta sexta-feira para o GP da Bélgica, no domingo. Nenhum dos dezoito pilotos estabeleceu voltas rápidas na segunda sessão de treinos livres para a corrida em Spa-Francorchamps. Felipe Massa estourou o motor no primeiro treino e usou o segundo para coletar dados sobre uma nova asa traseira para o carro da Ferrari.

Confira a tabela e a classificação da temporada 2012 da Fórmula 1

Assim como no primeiro treino do dia, a segunda sessão começou com chuva. Precisando poupar pneus de pista molhada para o fim de semana, os pilotos optaram por passar quase todo o tempo fora dos carros. O primeiro a deixar os boxes foi o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, após quase 50 minutos de treino sem nenhuma atividade de pista. Pouco depois, foi a vez do finlandês Heikki Kovalainen tentar a volta rápida e dar um susto na equipe Caterham. Ainda no giro de verificação da pista, ele rodou na saída de curva, mas levou seu carro de volta à garagem. Leia também: Fernando Alonso acredita que chuva pode ajudá-lo

Lewis Hamilton, Nico Hulkenberg, Sebastian Vettel e Felipe Massa também rodaram no circuito belga, retornando aos boxes ao fim de cada giro. Nos três minutos finais, a pista ficou mais cheia, mas nenhum piloto marcou voltas rápidas. O dia em Spa-Francorchamps se encerra com liderança do japonês Kamui Kobayashi (Sauber), com 2m11s389 na primeira sessão de atividades, acompanhado por Pastor Maldonado (Williams) e Daniel Ricciardo (Toro Rosso). Com os dois treinos da sexta-feira atrapalhados pela chuva, as equipes terão a atividade da manhã deste sábado para acertar as configurações do carro para a tomada de tempos classificatória, que ocorre à tarde. O GP da Bélgica está marcado para domingo, às 9 horas. (Com agência Gazeta Press)