Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

‘Chora que eu estou feliz’, ironiza surfista japonês que eliminou Medina

<p>Kanoa Igarashi, medalhista de prata em Tóquio, respondeu com bom humor aos internautas brasileiros que alegavam manipulação do júri em Tóquio</p>

Por Da Redação Atualizado em 11 jan 2022, 16h46 - Publicado em 28 jul 2021, 00h13

Próximo de vários surfistas da “Brazilian Storm”, o surfista japonês Kanoa Igarashi tem boa fluência em português e deixou isso claro ao reagir às provocações que vinha recebendo desde que eliminou Gabriel Medina na semifinal do surfe masculino nos Jogos de Tóquio. Com bom humor, o medalhista de prata — perdeu a final para outro brasileiro, Ítalo Ferreira — ironizou as suspeitas de teria sido beneficiado pelos jurados durante o evento em casa.

“Bla bla bla”, escreveu Kanoa em uma primeira postagem no Twitter. Depois, diante da invasão brasileira em seu perfil, não deixou dúvidas sobre a que se referia. “Chora chora que estou feliz! Hehehehe”, escreveu.

Continua após a publicidade

A vitória de Igarashi sobre Medina foi alvo de suspeitas. O brasileiro, campeão mundial em 2014 e 2018, vencia até os minutos finais, quando o atleta da casa acertou um aéreo com rodada no ar. Kanoa, então, recebeu uma altíssima nota 9.33, virou a bateria e venceu o duelo por 17.00 a 16.76.

O julgamento da onda foi considerado injusto por muitos brasileiros, que destacaram o fato de Medina ter feito uma manobra semelhante e ter recebido apenas 8.44 dos jurados. Enquanto a mulher do brasileiro, Yasmin Brunet, afirmou que o Medina havia sido “roubado” e exigiu que as confederações brasileira e de surfe deveriam interceder, o próprio campeão do mundo amenizou o tom das críticas, mas admitiu frustração.

“É difícil passar o ano treinando, se esforçando, e chegar nisso. Mas minha parte eu fiz, estou amarradão, fiz o meu melhor, e agora é continuar trabalhando. Têm coisas que não dá para entender, mas tinha que ser assim”. Além de ficar de fora da final, Medina ainda perdeu a perdeu a disputa pela medalha de bronze para o australiano Owen Wright, novamente com reclamações sobre suas notas por parte dos fãs brasileiros.

Kanoa Igarashi em ação durante a final do surfe -
Kanoa Igarashi em ação durante a final do surfe – Yuki Iwamura/AFP
Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade