Clique e assine a partir de 9,90/mês

Chinês vence 1.500m e toma recorde mundial que durava 10 anos

Por Da Redação - 31 jul 2011, 09h06

O chinês Sun Yang derrubou neste domingo, último dia de competição no Mundial de Xangai, um recorde mundial que durava uma década. Ele venceu a final dos 1.500m livre com 14min34s14, superando marca de 2001, estabelecida pelo australiano Grant Hackett: 14min34s56.

A medalha de ouro foi obtida com extrema facilidade. Sem ser ameaçado em nenhuma virada, Sun deixou o segundo posto para o canadense Ryan Cochrane, que bateu na borda 10s32 mais tarde. Quem completou o pódio, conquistando o bronze, foi o húngaro Gergo Kis (14min45s66).

Esse foi o segundo recorde mundial quebrado depois que a Fina (Federação Internacional de Natação) proibiu o uso dos supermaiôs, no começo do ano passado. O primeiro foi também no Mundial de Xangai, com o norte-americano Ryan Lochte, na decisão dos 200m medley.

Além de vencer os 1.500m, o chinês de 19 anos já havia subido ao pódio outras três vezes – todas por nado livre: ouro dos 800m, prata nos 400m e bronze no revezamento 4x200m.

Continua após a publicidade
Publicidade