Clique e assine a partir de 9,90/mês

Chile supera altitude e bolivianos para assumir ponta das Eliminatórias

Por Da Redação - 2 jun 2012, 19h13

Redação Central, 2 jun (EFE).- O Chile assumiu provisoriamente a liderança das Eliminatórias sul-americanas ao ignorar a altitude de La Paz e vencer a seleção boliviana, por 2 a 0, neste sábado, pela quinta rodada da competição.

Aranguíz e Vidal anotaram os gols da ‘La Roja’, que chegou aos nove pontos ganhos em cinco partidas disputadas no torneio. Uruguai (quatro jogos) e Venezuela (cinco jogos) vêm logo atrás com oito pontos. Já a Argentina e Equador, que jogam ainda neste sábado, têm sete e seis pontos, respectivamente. A Bolívia segue na lanterna, com apenas um ponto.

Os chilenos venceram partida que começou cerca de quatro horas após a chegada em La Paz. O time comandando pelo argentino Claudio Borghi ficou estava em Calama, no norte do Chile, onde fez sua preparação, na cidade que fica a 2.600 metros do nível do mar, pouco mais de mil metros a menos que a capital boliviana.

O primeiro tempo foi de baixíssimo nível técnico, com a equipe chilena ficando totalmente envolvida pelos bolivianos. O meia Alejandro Chumacero e o atacante Jhasmany Campos tiveram chance de abrir o placar, mas desperdiçaram as oportunidades.

Ainda na etapa inicial, os donos da casa ainda reclamaram de dois lances em que defensores adversários teriam tocado a bola com a mão, dentro da área, que acabaram ignorados pelo árbitro.

Nos acréscimos, o Chile chegou ao ataque, com Aranguíz, que contou com a colaboração da zaga boliviana para abrir o placar. O meia tabelou, involuntariamente, com o zagueiro Rivero e bateu forte para o gol, sem dar chances ao goleiro Vaca.

No segundo tempo, a situação para a Bolívia ficou ainda pior aos oito minutos, quando o zagueiro Gutiérrez, que pertence ao Bahia, foi expulso de campo. Mesmo permanecendo no campo de ataque adversário, o time da casa não conseguiu ameaçar.

O tiro de misericórdia chileno foi dado aos 38 minutos do segundo tempo. Eduardo Vargas lançou Arturo Vidal, que foi para cima da zaga e bateu forte, fazendo o 2 a 0 e garantindo a liderança na competição. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade