Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chelsea tem dois expulsos, é derrotado e permite City disparar

O Chelsea teve um péssimo domingo na nona rodada do Campeonato Inglês. Com gol sofrido no início do duelo com o Queens Park Rangers e tendo dois jogadores expulsos antes mesmo do intervalo, a equipe foi superada por 1 a 0 pelo clube recém-promovido à primeira divisão.

A derrota mantém a equipe comandada pelo técnico português André Villas-Boas na terceira colocação da tabela, com 19 pontos, seis abaixo do Manchester City, que mais cedo venceu o Manchester United e disparou. O Chelsea volta a campo no sábado que vem para receber o Arsenal. Um dia depois, o Rangers, agora com 12 pontos conquistados, visita o Tottenham.

Embora fosse visitante, o Chelsea não contava com o tropeço, pois uma vitória neste domingo poderia levá-lo à vice-liderança da competição nacional, dado o tropeço do Manchester United no clássico. No sábado, o Newcastle venceu e também se aproximou, ficando um ponto abaixo. O único bom resultado foi o empate do Liverpool, que não passou de 15 pontos conquistados.

O roteiro planejado, no entanto, começou a sair dos trilhos rapidamente. Com dez minutos de bola rolando, a equipe da casa teve a seu favor um pênalti, que foi convertido por Helguson.

Ainda aos 32 minutos, Bosingwa cometeu falta na condição de último homem antes do goleiro e recebeu o cartão vermelho. Em desvantagem no marcador e também no número de jogadores, o Chelsea teve sua situação piorada nove minutos mais tarde, quando Drogba também foi expulso.

Com apenas nove atletas em campo, os visitantes tiveram a missão totalmente comprometida. Segurando-se como podiam, chefiados pela retaguarda do zagueiro brasileiro David Luiz, os comandados do português Villas-Boas receberam ainda sete cartões amarelos até o apito final do árbitro. No fim das contas, o revés para o Rangers pelo placar mínimo saiu barato ao Chelsea.