Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chelsea entra na briga para ter Wayne Rooney

O Chelsea surgiu como um concorrente potencial para contratar Wayne Rooney após o técnico Carlo Ancelotti afirmar que ele estaria interessado em reforçar o clube com o atacante da seleção inglesa, caso se torne disponível. O futuro do jogador no Manchester United parece estar em risco depois de um dele desentendimento com o técnico Alex Ferguson.

A imprensa britânica afirma que o Manchester City estaria pronto para fazer uma proposta por Rooney, mas o Chelsea é o primeiro clube a declarar abertamente o seu interesse. “Você tem que ver se Wayne Rooney realmente quer sair”, afirmou Ancelotti. “Em segundo lugar, se o Manchester United realmente quer vendê-lo, e em terceiro lugar, se Rooney estiver no mercado, acho que não só o Chelsea mas um monte de equipes estariam interessadas”.

Rooney começou no banco de reservas no sábado, no empate do Manchester United por 2 a 2 com o West Bromwich Albion no Campeonato Inglês. Ele entrou apenas quando restavam 19 minutos para o final do jogo, o que aumentou a especulação sobre o seu futuro no clube.

Nesta terça-feira, os jornais britânicos publicaram que Rooney, que tem menos de dois anos de contrato com o United, estaria aberto a uma mudança para o City, seguindo os passos de Carlitos Tevez. O atacante argentino fez a troca de clube em Manchester em julho de 2009.

O jornal The Times informou que Rooney pediu 100% de aumento salarial para permanecer no United. David Gill, chefe-executivo do clube, afirmou na segunda-feira que o clube poderia “dizer alguma coisa [sobre Rooney] em um momento mais apropriado”.

(Com Agência Estado)