Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Chego à Austrália muito motivado’, assegura Nadal

Por Paul Crock 15 jan 2012, 12h37

O espanhol Rafael Nadal, número 2 do ranking mundial da ATP, explicou neste domingo que chega ao Aberto da Austrália muito motivado e feliz de se sentir em boas condições físicas, antes de disputar na segunda-feira sua primeira partida contra o americano Alex Kuznetsov.

“Chego à Austrália com uma grande motivação e uma paixão intacta. Treinei bem. Tentarei estar preparado amanhã (segunda-feira)”, ressaltou Nadal, em uma coletiva de imprensa concedida um dia antes de sua estreia no primeiro Grand Slam da temporada.

“Não tive a preparação ideal em Mallorca, em dezembro, porque tive problemas com meu ombro. Fiquei contundido por duas semanas. Depois voltei pouco a pouco em Abu Dhabi e, em Doha me senti melhor do que esperava. Foi um torneio positivo, e estou contente”, afirmou o espanhol.

Na competição, disputada em Melbourne, o maior rival a ser batido será o sérvio Novak Djokovic, atual campeão do torneio.

“Novak é o melhor jogador porque teve uma fantástica temporada no ano passado. É o número um agora e merece. Tentarei vencer com todas as minhas forças contra todos aqueles que possam ter a chance de vencer este torneio”, continuou o espanhol.

“Estamos no início da temporada. Estou em bom estado de saúde. É o mais importante. Sem isso, não se pode pensar além. Estou em boas condições físicas e estou preparado para trabalhar duro”, assegurou Nadal.

Nadal escolheu uma raquete mais pesada para esta temporada com o objetivo de obter mais potência em seu serviço.

“No início, era um pouco difícil, mas me senti melhor após duas semanas de treinos com jogadores de alto nível”, acrescentou.

“Nas bolas altas, você pode golpear mais forte porque a raquete entra mais rapidamente na bola. No início, você perde um pouco de controle, mas tive uma nova impressão dela depois de alguns meses”, concluiu Nadal.

Continua após a publicidade
Publicidade