Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chefe da Renault acredita em evolução de B. Senna no Japão

Mesmo depois de um fraco desempenho no Grande Prêmio de Cingapura, Bruno Senna segue com prestígio na Renault. Após uma boa estreia no GP da Bélgica, o chefe da escuderia francesa Eric Boullier acredita que o piloto brasileiro terá a chance de mostrar a sua capacidade na próxima prova do calendário, no Japão, no dia 9 de outubro.

Será a quarta corrida do brasileiro na temporada 2011, depois de correr em 2010 pela Hispania e ficar como piloto de testes da Renault neste ano – e substituir Nick Heidfeld a partir da prova de Spa-Francorchamps. Com uma nona colocação na primeira prova seguida de duas corridas complicadas em Monza e Marina Bay, Boullier acredita que as coisas ficarão mais fáceis para Senna no circuito de Suzuka, principalmente pela qualidade do brasileiro.

‘A curva de aprendizado dele é boa. A cada corrida ele melhora em algum aspecto’, elogiou. ‘Para ser sincero, sabemos que em Spa o tempo dificultou, e Monza é um circuito muito específico, assim como Cingapura, e ainda não tivemos o melhor carro. A partir do Japão ele resolverá o ?quebra-cabeças’ e irá evoluir mais’, projetou.

A boa presença de Senna voltou a colocar em dúvida a presença dele quanto ao retorno de Robert Kubica. Boullier afirmou, no entanto, que não pretende tomar uma decisão quanto à volta do seu piloto antes do tempo.

‘Firmei um compromisso de esperar o informe de Robert até o final do próximo mês. Me forcei a colocar um prazo para ouvi-lo. Mas se eu continuasse a prorrogar o prazo, colocaria os interesses da equipe a perigo. Tive de manter esse limite para ao menos saber se Robert terá alguma chance de retornar’, explicou.