Chateado, Diego Souza diz respeitar técnico do Vasco

Por Da Redação - 1 jul 2012, 10h23

Por AE

Rio – Barrado no Vasco no duelo com a Ponte Preta, Diego Souza saiu do banco de reservas para ser decisivo na vitória por 3 a 2, sábado, no Estádio de São Januário, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O meia reconheceu que ficou chateado com a decisão de Cristóvão Borges de não escalá-lo, mas garantiu respeitar a decisão do treinador.

“Vou ficar insatisfeito sempre de ficar na reserva, isso é normal, mas respeito a opção do treinador”, disse Diego Souza, que foi substituído entre os titulares pelo meia Carlos Alberto, e fez o gol da vitória ao converter pênalti que foi sofrido por Williams Matheus após tabela com ele.

Diego Souza reconheceu que o Vasco teve dificuldades diante da Ponte Preta, mas preferiu exaltar a importância do triunfo e a dedicação dos jogadores. “Estou feliz por ter feito o gol, a equipe pecou em algumas situações, mas nos dedicamos até o final. Valeu o espírito”, afirmou.

Publicidade

Com a vitória, o Vasco assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, com 16 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado neste domingo pelo Atlético Mineiro, que vai enfrentar o Grêmio. O time carioca volta a entrar em campo no próximo domingo, quando medirá forças com o Figueirense em Florianópolis.

Publicidade