Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Cesta ‘fantasma’ pode provocar mudança de resultado na NBA

Arbitragem não deu os pontos por essa enterrada de James Harden e o Houston Rockets perdeu a partida pela diferença desses dois pontos não computados

Por Da Redação - 5 dez 2019, 20h40

A NBA é frequentemente associada à vanguarda de tudo que existe de mais tecnológico. Na última terça-feira, porém, a cobertura multiângulo da liga americana de basquete evidenciou uma gafe cometida pelos árbitros da partida entre San Antonio Spurs e Houston Rockets. No último quarto da partida, quando os Rockets lideravam o placar por 102 a 89, o ala-armador James Harden teve uma enterrada desconsiderada pelos juízes em quadra (assista ao lance no vídeo abaixo).

Na repetição em câmera lenta, a bola claramente passa por dentro do aro antes de subir de novo e dar a impressão de que a cesta não tinha sido válida. Apesar dos protestos em quadra, a partida seguiu e os Spurs conseguiram empatar o jogo, levando-o para a prorrogação. Depois de dois tempos-extra, o time de San Antonio terminou dois pontos a frente: 135 a 133.

Embora exista uma espécie de VAR na NBA, o lance não foi reavaliado pois o técnico do Rockets Mike D’Antoni perdeu a janela de 30 segundos após o lance para pedir a revisão da jogada – no basquete, o time é responsável pelo desafio da chamada de quadra. “Era uma jogada revisável, mas enquanto eles estavam reclamando da marcação, tentando entender o que havia acontecido, a janela de revisão passou e eles não a solicitaram”, disse o árbitro-chefe da partida, James Capers.

Publicidade

De acordo com o site da TV americana ESPN, o time de Houston está otimista para a possibilidade da liga rever a decisão infeliz de quadra e dar a vitória aos Rockets. Isso ou ao menos permitir que os últimos 7 minutos e 50 segundos, o tempo restante no relógio do jogo no momento da cesta, sejam disputados novamente. Fontes ouvidas pelo mesmo canal dos Estados Unidos, porém, não pareceram tão confiantes que a liga mudará o resultado de quadra.

A última partida em que um resultado de quadra da NBA foi alterado aconteceu em 2008. Na ocasião, o jogador Shaquille O’Neal, então no Miami Heat, foi excluído de um jogo contra o Atlanta Hawks por ter cometido a quinta falta. O cálculo, porém, foi feito equivocadamente pela mesa de arbitragem e os 52 segundos finais da prorrogação entre as equipes foram reeditados quatro meses depois. Praticamente, não houve alteração no resultado final: o Hawks venceu os dois jogos.

“Acho que perdemos o foco antes (da enterrada de Harden), mas obviamente o fato só colaborou para as circunstâncias”, disse o técnico dos Rockets, Mike D’Antoni. “Nós paramos de jogar na defesa, desistimos de voltar para marcar e deixamos eles encostarem.”

Publicidade