Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cesar Cielo evita polêmica sobre seu projeto olímpico

Nadador explica que ideia não é gerar atrito entre atletas, clubes e confederações

O nadador Cesar Cielo evitou criar polêmica com os dirigentes ameaçam boicotar o Projeto Rumo ao Ouro em 2016, idealizado pelo atleta. Seu objetivo é reunir a elite da natação brasileira para treinamentos. O campeão olímpico reiterou que pretende apenas criar um grupo de excelência na natação brasileira, sem exigir o fim do vínculo destes atletas com seus clubes.

Neste mês, o Pinheiros ameaçou cortar os nadadores Leonardo de Deus, Tales Cerdeira e Henrique Rodrigues caso eles aceitem participar do projeto de Cielo. “É um projeto que não rivaliza com a confederação e clubes, ele vem para somar ao que já exista na natação brasileira”, declarou Cielo. O nanador acredita que a criação do grupo de treinos poderá compensar as deficiências da estrutura da natação brasileira. “A gente não tem nenhuma piscina coberta aquecida apta para competição. Precisamos de um controle de qualidade no treino”, declarou. Rivalidade – Questionado sobre o retorno do australiano Ian Thorpe, Cielo foi comedido. Afirmou ser impossível uma avaliação antes da estreia do ex-campeão. “Acho que ele é um cara que dispensa qualquer tipo de comentário sobre sua capacidade. Mas, enquanto a primeira competição não chegar, não posso afirmar nada. É um grande nadador. Não dá para subestimar um atleta deste nível”, opinou. (Com Agência Estado)