Clique e assine com até 92% de desconto

Ceretta apita a final do Paulista após denúncia a juiz

Rodrigo Braghetto foi afastado após denúncia de blogueiro sobre ligação com o Corinthians

Por Da Redação 17 Maio 2013, 16h20

O árbitro Guilherme Ceretta de Lima vai apitar a final do Campeonato Paulista entre Corinthians e Santos, na Vila Belmiro, neste domingo no lugar de Rodrigo Braghetto, barrado depois que um blog denunciou que ele presta serviços ao Corinthians por meio de uma empresa que fornece arbitragem para partidas amadoras. A Federação Paulista de Futebol (FPF) promoveu um novo sorteio, depois de informar que Braghetto solicitou à Comissão de Arbitragem que fosse dispensado da partida “a fim de evitar qualquer tipo de polêmica que pudesse prejudicar a competição”.

Leia também:

O paradoxo de Neymar, um ídolo que divide os brasileiros

Mano: ‘Neymar involuiu. Ele precisa focar no futebol’

Brasil x Inglaterra terá ingressos de R$ 90 a R$ 300

Braghetto, porém, desmentiu a entidade. Em entrevista ao canal SporTV, ele disse a decisão foi tomada pelo chefe da Comissão de Arbitragem, Marcos Marinho. “‘Não pedi para sair. O coronel Marinho me ligou e me disse que achou melhor eu sair do jogo para evitar problemas futuros”, explicou o árbitro, que anunciou no ar que estava encerrando sua carreira de juiz. “Estou perdendo os meus negócios. Hoje, o árbitro é um abnegado. São testes físicos, provas, cursos… É um absurdo ter que ficar quatro dias na CBF e não receber nada”.

Continua após a publicidade

Ele disse ainda que sua empresa, a Apto Esportes, presta serviços não só ao Corinthians, mas também a outros clubes paulistas, como Santo André, Portuguesa e São Paulo. “Não é nada ilegal. É uma brecha no mercado que a gente acaba achando. Às vezes, os times jogam amistosamente sem ninguém apitando.” No jogo de domingo, o Santos precisa vencer o Corinthians por dois gols de diferença para ser tetracampeão paulista, enquanto o Corinthians joga por empate, após ter vencido por 2 a 1 no Pacaembu, no domingo passado..

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade