Clique e assine a partir de 9,90/mês

Centro de imprensa dos Jogos de Londres tem 6,2 mil jornalistas credenciados

Por Da Redação - 9 jul 2012, 15h20

Londres, 9 jul (EFE).- Um total de 6,2 mil jornalistas, de 66 países e 832 veículos diferentes, estão credenciados para cobrir os Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre 27 de julho e 12 de agosto, informou nesta segunda-feira os organizadores do evento ao inaugurar o centro de imprensa.

Faltando 18 dias para a cerimônia de abertura dos Jogos, o centro de imprensa, localizado em pleno coração da capital britânica, abriu hoje suas portas e funcionará de maneira paralela ao que foi montado no Parque Olímpico.

Segundo os dados dos Jogos Londres, a cobertura desta edição das Olimpíadas deverá contar com a audiência potencial de 4 bilhões de pessoas. A presença de jornalistas de 66 países, incluindo Somália e Afeganistão, superará em 28 os que foram credenciados para os Jogos de Pequim em 2008. Desta vez, o maior contingente de repórteres virá da China, com 600 credenciados.

O centro de imprensa inaugurado hoje, que se encontra junto ao Parlamento britânico e a chamada praia olímpica, ficará aberto 24h por dia.

Continua após a publicidade

Além dos jornalistas credenciados, calcula-se que mais 28 mil profissionais da imprensa chegarão a Londres durante os Jogos. A rede americana ‘NBC’, por exemplo, deverá contar com uma equipe de 2.700 pessoas, entre técnicos, jornalistas e produtores.

Já o canal de notícias Al Jazeera desdobrará 150 empregados de seus canais em inglês e árabe, enquanto a cadeia pública britânica ‘BBC’ apresenta 765 profissionais credenciados.

A ‘BBC’, que para os jogos de Pequim credenciou a 493 pessoas, justificou como inevitável o aumento de sua equipe em Londres, já que haverá um maior interesse dos britânicos nos Jogos realizados em seu país.

O número de empregados da ‘BBC’ no Parque Olímpico durante os Jogos será superior ao número de atletas da equipe do Reino Unido, que deverá ter 550. EFE

Publicidade